Pigmum

arte e outros riscos

Filtering by Tag: torre malakoff

Giro cultural: 9 exposições de arte no Nordeste para conferir até o fim de setembro

Setembro já tá no fim, mas ainda dá tempo de incluir na sua agenda uma visitinha a uma das exposições imperdíveis que estão em cartaz nas capitais nordestinas.

Dessa vez o destaque vai para a exposição do premiadíssimo fotógrafo americano Roger Ballen, em Fortaleza, mas não menos imperdível é a primeira mostra individual da artista Juliana Lapa, que tem desenhos impressionantes expostos na Torre Malakoff, em Recife. Tem ainda uma retrospectiva pelos 80 anos de Maria Adair em Salvador, arte urbana em Natal e xilogravuras em Aracaju. Enfim, não vai faltar opção!

Se você estiver por uma dessas cidades nos próximos dias, já sabe pra onde ir:


Natal (RN)

Galeria Newton Navarro, na Capitania das Artes, com intervenção artística para a exposição do projeto INarteurbana

Galeria Newton Navarro, na Capitania das Artes, com intervenção artística para a exposição do projeto INarteurbana

No finalzinho de agosto, a capital potiguar recebeu mais uma edição do projeto sociocultural INarteurbana, que promove a ativação de espaços públicos por meio de intervenções artísticas e já se tornou ponto de encontro da cena da arte urbana do país. Durante dez dias, 14 artistas de 6 estados brasileiros realizaram uma residência artística na comunidade do Passo da Pátria, em Natal, interagindo com os moradores, pintando murais voltados para o Rio Potengi e produzindo painéis que agora podem ser vistos em mais uma exposição do projeto, em cartaz até 30 de setembro, na Capitania das Artes.

Obras dos artistas feitas especialmente para a exposição

Obras dos artistas feitas especialmente para a exposição

INarteurbana

SERVIÇO:

Exposição: IV INarteurbana

Artista: Coletiva

Até 30 de setembro, de segunda à sexta-feira, das 8h às 14h

Local: Galeria Newton Navarro

Endereço: Rua Câmara Cascudo, 434, Cidade Alta. Natal – Rio Grande do Norte (Fundação Cultural Capitania das Artes). Telefone: (84) 3232-4945 | (84) 3232-9230

Entrada gratuita.


Aracaju (SE)

A mulher é a figura central das xilogravuras de Vilma Rebouças

A mulher é a figura central das xilogravuras de Vilma Rebouças

Para questionar heranças patriarcais e reivindicar a autonomia feminina, a artista sergipana Vilma Rebouças insere a mulher como figura central de suas obras, utilizando uma das técnicas mais conhecidas do imaginário popular nordestino: a xilogravura. Dessa forma, a artista abre mais um espaço onde a mulher protagoniza seus próprios discursos, seja como tema ou como criadora. A mostra ‘Xilografando Elas’ integra a pauta de 2018 da Galeria de Arte J. Inácio, que atualmente está em reforma e por isso tem montado suas exposições no Corredor Cultural Wellington dos Santos ‘Irmão’, na sede da Secretaria de Estado da Cultura de Sergipe (Secult-SE).

Xilogravando Elas
Xilogravando Elas
Xilogravando Elas

SERVIÇO:

Exposição: Xilografando Elas

Artista: Vilma Rebouças

Até 13 de outubro, de segunda à sexta-feira, das 8h às 13h

Local: Corredor Cultural Wellington dos Santos ‘Irmão’

Endereço: Rua Vila Cristina, 1051, Bairro 13 de Julho (Secretaria de Estado da Cultura de Sergipe – Secult-SE). Aracaju – Sergipe. Telefone: (79) 3198-7803

Entrada gratuita.


São Luís (MA)

Exposição  ‘Neopalafitas': Um Olhar Sobre o Vernacular’ , em exposição no Palacete Gentil Braga, em São Luís-MA

Exposição ‘Neopalafitas': Um Olhar Sobre o Vernacular’, em exposição no Palacete Gentil Braga, em São Luís-MA

O Neoplasticismo, movimento de vanguarda de artistas como Piet Mondrian e Theo van Doesburg, é a principal referência da exposição ‘Neopalafitas: Um Olhar Sobre o Vernacular’, que propõe uma interpretação conceitual, visual e gráfica das palafitas da cidade de São Luís. A partir da simplicidade de cores e formas, o artista visual José de Ribamar Matos Junior – ou simplesmente, Ribaxé – produziu 20 pinturas que confundem o abstrato e o figurativo, apresentando uma forma diferente de olhar para essas habitações tão comuns sobre as águas da capital maranhense, sustentadas sobre paus de madeira.

O artista Ribaxé traz referências do movimento neoplasticista para compor um novo olhar sobre as palafitas da capital maranhense

O artista Ribaxé traz referências do movimento neoplasticista para compor um novo olhar sobre as palafitas da capital maranhense

Neopalafitas
Neopalafitas

SERVIÇO:

Exposição: Neopalafitas - Um Olhar Sobre o Vernacular

Artista: José de Ribamar Matos Junior (Ribaxé)

Até 28 de setembro, de segunda à sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

Local: Galeria Antônio Almeida

Endereço: Rua Oswaldo Cruz, 782 – Centro (Palacete Gentil Braga). São Luís – Maranhão. Telefone: (98) 3272-9361.

Entrada gratuita.


João Pessoa (PB)

‘Quem será o Salvador Dalí’ , óleo sobre tela de Rodrigues Lima

‘Quem será o Salvador Dalí’, óleo sobre tela de Rodrigues Lima

Quem também traz referências de um movimento de vanguarda modernista é o artista visual Rodrigues Lima, que associou elementos do Surrealismo às suas pinturas, remetendo ao campo e às praias da Paraíba. Mas as paisagens locais e as características conflituosas entre realidade e sonho do Surrealismo se fazem presentes na obra do artista para colocar em questão as incertezas políticas do Brasil contemporâneo. Com as 20 obras da exposição ‘Infinitos Ventos’, o artista traça uma narrativa que pergunta: quem será o salvador da nossa política em derretimento? Em diálogo direto com a famosa pintura ‘A Persistência da Memória’ (1931), do surrealista Salvador Dalí.

‘Plantio de guarda-chuvas II’ , acrílico sobre tela de Rodrigues Lima

‘Plantio de guarda-chuvas II’, acrílico sobre tela de Rodrigues Lima

Infinitos Ventos Rodrigues Lima
41708026_1829215887194021_6625109645331529728_o.jpg
41928392_1829218460527097_3501692046224130048_o.jpg

SERVIÇO:

Exposição: Infinitos Ventos

Artista: Rodrigues Lima

Até 29 de setembro, de segunda-feira a sábado, das 9h às 19h.

Local: Galeria de Arte Gamela

Endereço: Avenida Nossa Senhora dos Navegantes, 756/101 – Tambaú. João Pessoa – Paraíba. Telefone: (83) 3226-1436

Entrada gratuita.


Recife (PE)

A precisão técnica dos desenhos em grafite da artista Juliana Lapa

A precisão técnica dos desenhos em grafite da artista Juliana Lapa

Juliana Lapa Eu não estou louca

A presença feminina na sociedade, as paisagens que evidenciam tensões ou afetos do cotidiano e as relações silenciosas e silenciadas no espaço urbano são questões que estão presentes nas obras de Juliana Lapa. Em sua primeira mostra individual, a artista expõe desenhos, fotografias e objetos, produzidos entre 2015 e 2018 e que constroem discursos a partir da saúde emocional da mulher, de sua invasão mental e física e de seu corpo como um corpo político. Chama bastante atenção a apuração técnica da artista, principalmente quanto ao uso do grafite. Imperdível!

Visitantes durante a exposição  ‘Eu não estou louca’ , primeira individual de Juliana Lapa

Visitantes durante a exposição ‘Eu não estou louca’, primeira individual de Juliana Lapa

Juliana Lapa Eu não estou louca

SERVIÇO:

Exposição: Eu não estou louca

Artista: Juliana Lapa

Até 11 de outubro, de terça à sexta-feira, das 10h às 17h, aos sábados, das 15h às 18h e aos domingos, das 15h às 19

Local: Torre Malakoff

Endereço: Praça do Arsenal, s/n, Bairro do Recife – Recife – Pernambuco.

Entrada gratuita


Maceió (AL)

Visitante interagindo com a obra do artista Gilbef, durante abertura da exposição  ‘Rearrumação’

Visitante interagindo com a obra do artista Gilbef, durante abertura da exposição ‘Rearrumação’

Em Maceió, os artistas Matheus Arruda e Gilbef levam a público suas perspectivas mais intimistas a respeito da condição humana, arrumando seus sentimentos nos espaços da Pinacoteca da Ufal. Inspirados pelo poema ‘Rearrumação’, da baiana Karina Rabinovitz, os artistas propõem duas mostras individuais que se somam sob o mesmo título do poema e que apresentam desenhos, esculturas, gravuras, pinturas e instalações. Em ‘Desterro’, Matheus Arruda compartilha suas inquietações, tentando materializar a complexidade do sentir. Já em ‘Ato 3: corpo aberto’, Gilbef expõe a 3ª etapa de seu manifesto artístico-político, com obras que se debruçam principalmente sobre os temas da desigualdade social, da violência e da pobreza.

Rearrumação Gilbef Matheus Arruda
Instalação de Matheus Arruda

Instalação de Matheus Arruda

SERVIÇO:

Exposição: Rearrumação

Artista: Gilbef e Matheus Arruda

Até 2 de outubro, de segunda à sexta-feira, das 8h30 às 17h30

Local: Pinacoteca Universitária da Ufal

Endereço: Praça Visconde de Sinimbu, 206, 1º piso - Centro. Maceió - Alagoas (Espaço Cultural Salomão de Barros Lima). Telefone: (82) 3214-1545

E-mail: comunicacaopinaufal@gmail.com

Entrada gratuita.


Salvador (BA)

Visitantes durante a exposição retrospectiva que celebra os oitenta anos de vida da artista visual Maria Adair

Visitantes durante a exposição retrospectiva que celebra os oitenta anos de vida da artista visual Maria Adair

Em comemoração aos seus 80 anos, a artista baiana Maria Adair faz uma retrospectiva não só de sua carreira, mas também de sua vida pessoal, mergulhando em memórias da infância, da vida adulta como professora da Escola de Belas Artes da UFBA e da maturidade, inclusive artística. São mais de 100 obras que evidenciam sua trajetória por formas abstratas e multicoloridas e de sua passagem da pintura em telas à pintura sobre os mais diversos suportes, inclusive objetos domésticos e brinquedos de madeira. Uma carreira que, ao longo do tempo, soube fazer da pintura expressão por si só.

A pintura multicolorida de Adair

A pintura multicolorida de Adair

Embora utilize suportes variados, a pintura em tela ainda está presente no trabalho da artista

Embora utilize suportes variados, a pintura em tela ainda está presente no trabalho da artista

Com o amadurecimento da carreira, Maria Adair passou a pintar em outros suportes, como madeira. Além de brinquedos, a pintura da artista está presente em objetos domésticos

Com o amadurecimento da carreira, Maria Adair passou a pintar em outros suportes, como madeira. Além de brinquedos, a pintura da artista está presente em objetos domésticos

SERVIÇO:

Exposição: Oitenta

Artista: Maria Adair

Até 6 de outubro, de segunda à sexta-feira, das 9h às 19h e sábado, das 9h às 13h.

Local: Paulo Darzé Galeria

Endereço: Rua Doutor Chrysippo de Aguiar, 8 - Vitória. Salvador – Bahia. Telefone: (71) 3267-0930

Entrada gratuita.


Fortaleza (CE)

Fotografias do americano Roger Ballen

Fotografias do americano Roger Ballen

Roger Ballen Museu da Fotografia Fortaleza

O Museu da Fotografia, mais novo espaço expositivo de Fortaleza – inaugurado em 2017 –, acaba de receber sua primeira exposição internacional, de ninguém menos que o aclamado fotógrafo americano Roger Ballen, que já expôs suas obras em coleções como as do MoMA, em Nova York; Centre Georges Pompidou, em Paris; e Victoria & Albert Museum, em Londres. Reconhecido por suas imagens perturbadoras e sombrias que retratam improváveis (mas reconhecíveis) situações à margem da sociedade, Ballen tem um notável talento para evocar o mais íntimo da condição humana, por meio de uma estética que beira o incômodo. Na exposição, o fotógrafo apresenta cerca de 60 obras, de suas principais séries, realizadas entre 1980 e 2017.

Roger Ballen Museu da Fotografia Fortaleza
Roger Ballen Museu da Fotografia Fortaleza

SERVIÇO:

Exposição: Mind Games

Artista: Roger Ballen

Até 6 de outubro, de quarta-feira a domingo, das 12h às 17h.

Local: Museu da Fotografia Fortaleza

Endereço: Rua Frederico Borges, 545 – Varjota. Fortaleza – Ceará. Telefone: (85) 3017-3661

Entrada gratuita.


Teresina (PI)

Nesta exposição, as obras de Jucelino Nunes expressam suas memórias da infância no interior piauiense

Nesta exposição, as obras de Jucelino Nunes expressam suas memórias da infância no interior piauiense

Fechando a nossa seleção, tem mais uma exposição da Galeria Montmartre, que dessa vez reuniu obras do artista Jucelino Nunes. São 14 pinturas que evocam as memórias de infância do artista e sua rotina, costumes e brincadeiras no sertão nordestino. Piauiense do interior e autodidata, Jucelino traz às telas suas verdades mais íntimas, em pinceladas obstinadas e cheias de expressividade.

Montmartre Jucelino Nunes
Montmartre Jucelino Nunes

SERVIÇO:

Exposição: CANTOs e enCANTOs

Artista: Jucelino Nunes

Até 5 de novembro, de segunda-feira a sábado, das 10h às 19h

Local: Montmartre Arte e Galeria

Endereço: Rua Professor Pires Gayoso, 689, Bairro Noivos, Teresina – Piauí. Telefone: (86) 98855-8626

E-mail: montmartreloja@gmail.com

Entrada gratuita.

Giro cultural: 9 exposições em cartaz no Nordeste para visitar em maio

Maio já tá rolando e diversas exposições de arte estão em cartaz em todas as capitais do Nordeste! Algumas delas estão na reta final, enquanto outras foram abertas recentemente, mas o importante é sair da cadeira e visitar as exposições que estiverem mais perto de você. Como sempre, o Pigmum selecionou aquelas que são realmente imperdíveis!

E nesse mês o destaque vai pra uma exposição na Caixa Cultural de Fortaleza-CE, com gravuras do mestre surrealista Salvador Dalí, que faria aniversário em 11 de maio. Tem também uma exposição proibida para menores de 18 anos em Aracaju-SE, um painel de 8 metros em Recife-PE, além de mostras de desenho, pintura abstrata, poesia visual... E tudo gratuito, tá? Se liga aí:

Aracaju (SE)

Exposição de Flávio Antonini explora o lado lúdico e debochado das descobertas sexuais

Exposição de Flávio Antonini explora o lado lúdico e debochado das descobertas sexuais

Na capital sergipana, a dica é para maiores de 18 anos. O artista visual Flávio Antonini buscou inspiração em quadrinhos eróticos para explorar o inusitado das descobertas sexuais, tudo com muito deboche. O artista, autodidata e natural de Tobias Barreto (SE), buscou na memória a leitura da didática de educação sexual de Raul de Pólio, feita ainda na adolescência, e criou essas obras que misturam lições de biologia tradicional e excitação juvenil. A ideia é debater sexualidade e identidade de gênero, mas de maneira divertida e prazerosa.

As telas estão expostas na Galeria J. Inácio

As telas estão expostas na Galeria J. Inácio

flávio antonini
Trabalhos do sergipano Flávio Antonini

Trabalhos do sergipano Flávio Antonini

SERVIÇO:

Exposição: Didática Nada Instrutiva da Educação Sexual
Artista: Flávio Antonini
Até 31 de maio, das 9h às 17h
Local: Galeria J. Inácio
Endereço: Rua Dr. Leonardo Leite, s/n, Bairro 13 de Julho (anexo à Biblioteca Pública Epifânio Dória). Aracaju – Sergipe. Telefone: (79) 3179-1969
Entrada gratuita.


Fortaleza (CE)

Gravuras de Salvador Dalí para a edição comemorativa de 700 anos de nascimento de Dante

Gravuras de Salvador Dalí para a edição comemorativa de 700 anos de nascimento de Dante

Olha que presente especial Fortaleza ganhou justamente no mês de aniversário de Salvador Dalí! A cidade recebe 100 gravuras do mestre surrealista, que faria 113 anos no dia 11 de maio. As imagens foram produzidas entre as décadas de 1950 e 1960 para ilustrar uma edição especial comemorativa dos 700 anos de nascimento de Dante Alighieri (1265-1321), autor do épico poema 'A Divina Comédia', um dos maiores clássicos da literatura mundial. O trabalho foi encomendado pelo governo italiano da época. Imperdível!

O surrealismo de Salvador Dalí ainda ecoando nas gravuras

O surrealismo de Salvador Dalí ainda ecoando nas gravuras

salvador dalí

SERVIÇO:

Exposição: Dalí: A Divina Comédia
Artista: Salvador Dalí
Até 2 de julho, de terça-feira a sábado, das 10h às 20h e domingo, das 12h às 19h
Local: Caixa Cultural Fortaleza
Endereço: Av. Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema. Fortaleza – Ceará. Telefone: (85) 3453-2770
Entrada gratuita.


João Pessoa (PB)

Exposição com trabalhos de 22 artistas está em cartaz na Galeria Lavandeira

Exposição com trabalhos de 22 artistas está em cartaz na Galeria Lavandeira

Está em cartaz a segunda edição do ‘Projeto Gorjeio’, iniciativa que busca estimular a produção artística dos estudantes de Artes Visuais da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Ao todo, 22 artistas participam dessa mostra coletiva, entre eles o Meiacor, que recentemente deu entrevista ao Pigmum sobre sua exposição individual na Galeria Archidy Picado. O 'Projeto Gorjeio II' fica aberta ao público até 20 de maio, na Galeria Lavandeira, localizada no Centro de Comunicação, Turismo e Artes (CCTA), na UFPB.

Trabalhos expostos na exposição coletiva

Trabalhos expostos na exposição coletiva

SERVIÇO:

Exposição: Projeto Gorjeio II
Artista: Coletiva
Até 20 de maio, de segunda à sexta-feira, das 8h às 16h
Local: Galeria Lavandeira
Endereço: Rua Vereador João Freire, 616 - Castelo Branco. João Pessoa - Paraíba (CCTA – UFPB). Telefone: (83) 3216-7143
E-mail: galerialavandeira@gmail.com
Entrada gratuita.
 


Maceió (AL)

Detalhe de uma obra de Daniel Contin

Detalhe de uma obra de Daniel Contin

O humor ácido do cartunista e ilustrador Daniel Contin ganha as paredes da Galeria de Artes do Sesc Centro, com desenhos que transitam pela crítica social, revelando as ironias de um cotidiano cada vez mais dinâmico e caótico. Mas cuidado pra não deixar passar as sutilezas que estão presentes no traço do artista, influenciado principalmente por quadrinhos undergrounds americanos.

Mural feito por Daniel Contin em uma das paredes da galeria, especialmente para a exposição

Mural feito por Daniel Contin em uma das paredes da galeria, especialmente para a exposição

SERVIÇO:

Exposição: Efêmera Sutileza do Caos
Artista: Daniel Contin
Até 31 de maio, de segunda à sexta-feira, das 12h às 18h
Local: Pinacoteca Universitária da Ufal
Endereço: Rua Barão de Alagoas, 229 - Centro. Maceió - Alagoas. Telefone: (82) 3201-1374 | 3201-1373
Entrada gratuita.


Natal (RN)

'Apartheid Soneto'  (1988), de Avelino de Araújo

'Apartheid Soneto' (1988), de Avelino de Araújo

Os sonetos de Avelino de Araújo são alguns de seus poemas visuais mais conhecidos

Os sonetos de Avelino de Araújo são alguns de seus poemas visuais mais conhecidos

Última semana para conferir a exposição 'Horizontem', que apresenta novos trabalhos do poeta visual Avelino de Araújo, mas também faz uma retrospectiva dos seus quase 30 anos em atividade. Avelino foi um representante ativo do movimento Arte Postal, que teve bastante repercussão no Rio Grande do Norte, com nomes que marcaram a poesia visual brasileira. Na exposição há obras impressas em livros, jornais e revistas do mundo todo, além de vídeos experimentais produzidos pelo artista, como esse 'Soneto nº 19', em vídeo:

SERVIÇO:

Exposição: Horizontem
Artista: Avelino de Araújo
Até 6 de maio, de terça-feira a domingo, das 9h às 17h
Local: Pinacoteca do Estado
Endereço: Avenida 7 de setembro, s/n, Cidade Alta. Natal – Rio Grande do Norte. Telefone: (84) 3232-9727
Entrada gratuita.
 


Recife (PE)

Novo painel de Tereza Costa Rêgo tem 8m x 2,2m e retrata uma cena histórica vivida durante a invasão holandesa

Novo painel de Tereza Costa Rêgo tem 8m x 2,2m e retrata uma cena histórica vivida durante a invasão holandesa

Em 1646, um grupo de mulheres defendeu o vilarejo de Tejucupapo, lutando contra tropas da ocupação holandesa nas proximidades de onde hoje se encontra o município de Goiana (PE). Esse episódio histórico acabou virando o tema do impressionante painel de 8m x 2,2 m que a artista visual pernambucana Tereza Costa Rêgo exibe agora na Torre Malakoff. A exposição 'Mulheres de Tejucupapo - Tributo a Goya' celebra os 88 anos da artista e também homenageia as famosas cenas de horror pintadas pelo espanhol Francisco Goya, no século XVII.

Detalhes do painel  'Mulheres de Tejucupapo'

Detalhes do painel 'Mulheres de Tejucupapo'

tereza costa rêgo

SERVIÇO:

Exposição: Mulheres de Tejucupapo – Tributo a Goya
Artista: Tereza Costa Rêgo
Visitação de terça à sexta-feira, das 10h às 17h, aos sábados, das 15h às 18h e aos domingos, das 16h às 19h30
Local: Torre Malakoff
Endereço: Praça do Arsenal, s/n, Bairro do Recife – Recife (PE).
Entrada gratuita
 


Salvador (BA)

Mazzoni buscou inspiração na cultura oriental para criar pinturas abstratas

Mazzoni buscou inspiração na cultura oriental para criar pinturas abstratas

chico mazzoni

Continua em cartaz na Capela do Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA) a exposição 'Retratos do Mundo Flutuante', do artista visual, cenógrafo, restaurador e arquiteto Chico Mazzoni. O artista, influenciado pela cultura japonesa, criou 31 quadros - de pintura acrílica sobre tela - que reinterpretam as linhas, as formas e as texturas tradicionais do país oriental, transitando entre o figurativo e o abstrato sob uma perspectiva contemporânea. Mas corra, porque a exposição só fica em cartaz até o próximo domingo! (7).

A exposição está em cartaz na Capela do MAM-BA

A exposição está em cartaz na Capela do MAM-BA

MAM-BA

SERVIÇO:

Exposição: Retratos do Mundo Flutuante
Artista: Chico Mazzoni
Até 7 de maio, de terça-feira a domingo, das 13h às 19h
Local: Capela do Museu de Arte Moderna da Bahia – MAM-BA
Endereço: Av Lafayete Coutinho, s/n, Largo Dois de Julho, Salvador – Bahia. Telefone: (71) 3117-6139
E-mail: ascom.mam@gmail.com
Entrada gratuita.


São Luís (MA)

A artista Raimunda Fortes está celebrando 20 anos de carreira com essa mostra

A artista Raimunda Fortes está celebrando 20 anos de carreira com essa mostra

Para comemorar os 20 anos de trajetória artística de Raimunda Fortes, a Sala Sesc de Exposições recebe a mostra 'Meu Caminho', com 12 pinturas abstratas de acrílico sobre tela. As obras foram produzidas entre 1997 e 2017 e traçam a retrospectiva da carreira da artista, que soma mais de 23 exposições individuais na bagagem, passando por várias cidades do país.

Obra abstrata de Raimunda Fortes, dividida em várias partes

Obra abstrata de Raimunda Fortes, dividida em várias partes

'Ciclos Vitais' , de Raimunda Fortes

'Ciclos Vitais', de Raimunda Fortes

SERVIÇO:

Exposição: Meu Caminho
Artista: Raimunda Fortes
Até 19 de maio, de segunda à sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h às 17h
Local: Sala Sesc de Exposições (Condomínio Fecomércio Sesc/Senac)
Endereço: Av. dos Holandeses, s/n, Quadra 04, Jardim Renascença II. São Luís - Maranhão. Telefone: (98) 3216-3830
E-mail: galeriadeartesescma@gmail.com
Entrada gratuita.


Teresina (PI)

Obras de Artur Rios, que colocam os animais em situações tipicamente humanas

Obras de Artur Rios, que colocam os animais em situações tipicamente humanas

artur rios

Dobradinha de exposições em Teresina! Os artistas visuais Patrícia Neves e Artur Rios dividem o espaço do Sobrado com as exposições simultâneas 'Fases' e 'Zoomorfismo'. Ao todo, 22 obras compõem a mostra 'Fases', que explora a força da figura feminina. Patrícia Neves trabalhou, entre outras técnicas, com nanquim, aquarela e design gráfico. Já Artur Rios expõe um conjunto de pinturas que retrata animais como protagonistas de cenas tipicamente humanas, ressignificando espaços comuns ao nosso dia a dia.

As duas exposições estão em cartaz ao mesmo tempo no Sobrado, no Jóquei

As duas exposições estão em cartaz ao mesmo tempo no Sobrado, no Jóquei

Cartaz de divulgação da mostra  'Fases'

Cartaz de divulgação da mostra 'Fases'

Obra de Artur Rios presente na exposição

Obra de Artur Rios presente na exposição

SERVIÇO:

Exposições: ‘Fases’ e ‘Zoomorfismo’
Artistas: Patrícia Neves e Artur Rios
Até 31 de maio, de terça-feira a domingo, das 17h às 22h
Local: Sobrado
Endereço: Rua Darcy Araújo, 2049, Jóquei. Teresina - Piauí. Telefone: (86) 3304-3177
E-mail: nosobrado@gmail.com
Entrada gratuita.

Confira 5 exposições em cartaz no Recife para visitar em outubro

De volta ao Recife! E sempre vale a pena retornar aos bairros do centro e conferir a programação cultural da cidade. Se você estiver de passagem por Santo Antônio, São José, Boa Vista ou pelo Recife Antigo não deixe de visitar pelo menos uma dessas 5 exposições que ficam em cartaz no mês de outubro:

5º Prêmio Marcantonio Vilaça

marcantonio vilaça

A exposição é resultado do 5º Prêmio Marcantonio Vilaça para as Artes Visuais, promovido pelo CNI, SESI e SENAI, que selecionou 5 artistas de diferentes regiões do país para representar a diversidade da produção artística brasileira contemporânea. Entre as obras, há trabalhos em vídeo, fotografia, desenho e instalações. A mostra itinerante já passou por Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Curitiba e encerra seu ciclo no recife.

O trabalho de Virgínia de Medeiros com foto-pinturas digitais retrata moradores de rua que contam suas histórias em relatos emocionantes (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

O trabalho de Virgínia de Medeiros com foto-pinturas digitais retrata moradores de rua que contam suas histórias em relatos emocionantes (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

As memórias de Gê Orthof em suas instalações minimalistas   (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

As memórias de Gê Orthof em suas instalações minimalistas (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

Exposição: Mostra do 5º Prêmio Marcantonio Vilaça
Artista: Coletiva
Até 27 de novembro
Local: Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães (MAMAM)
Endereço: Rua da Aurora, 265, Boa Vista – Recife (PE)

Horário:
De terça à sexta-feira, das 12h às 18h
Sábados e domingos, das 13h às 17h
Entrada gratuita


Éxodos

Sebastião Salgado é reconhecido internacionalmente como um dos principais fotógrafos da atualidade (  Fotografia: Sebastião Salgado)

Sebastião Salgado é reconhecido internacionalmente como um dos principais fotógrafos da atualidade (Fotografia: Sebastião Salgado)

Durante seis anos, o premiado fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado percorreu 40 países registrando o cotidiano de refugiados, vítimas de guerras e de repressão social, compondo um panorama do trânsito migratório da humanidade no final do século XX. Pessoas que, por motivos diversos e adversos, tiveram que abandonar suas terras. São 60 imagens divididas em 5 temas: África; Luta pela Terra; Refugiados e Migrados; Megacidades; e Retratos de Crianças. A exposição está circulando pelas unidades da Caixa Cultural espalhadas pelo país e fica em cartaz no Recife até o próximo dia 16.

Mulheres em trânsito   (  Fotografia: Sebastião Salgado)

Mulheres em trânsito (Fotografia: Sebastião Salgado)

O tráfego intenso de pessoas em uma estação indiana   (  Fotografia: Sebastião Salgado)

O tráfego intenso de pessoas em uma estação indiana (Fotografia: Sebastião Salgado)

Horário:
De terça-feira a sábado, das 10h às 20h
Aos domingos, das 10h às 17h
Entrada gratuita

Exposição: Êxodos
Artista: Sebastião Salgado

Até 16 de outubro
Local: Caixa Cultural Recife
Endereço: Avenida Alfredo Lisboa, 505, Bairro do Recife – Recife (PE)


OZI - 30 Anos de Arte Urbana no Brasil

O trabalho de OZI é cheio de ironia e deboche (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

O trabalho de OZI é cheio de ironia e deboche (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

Também na Caixa Cultural, a mostra celebra os 30 anos de carreira de OZI, um dos pioneiros da arte urbana no Brasil. As obras, cheias de deboche e ironia, mesclam símbolos da arte clássica com elementos da cultura pop, como personagens de desenho animado. Entre as técnicas utilizadas, se destacam principalmente os trabalhos em estêncil. Vale a pena também pela releitura da famosa latinha de sopa Campbell’s, de Andy Warhol, que na versão de OZI virou sopa de Chuchu ou Xuxu (sic).

O artista mistura símbolos da arte clássica com elementos da cultura pop (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

O artista mistura símbolos da arte clássica com elementos da cultura pop (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

Releitura de OZI para o ready-made de Andy Warhol

Releitura de OZI para o ready-made de Andy Warhol

Horário:
De terça-feira a sábado, das 10h às 20h
Aos domingos, das 10h às 17h
Entrada gratuita

Exposição: OZI – 30 Anos de Arte Urbana no Brasil
Artista: OZI

Até 20 de novembro
Local: Caixa Cultural Recife
Endereço: Avenida Alfredo Lisboa, 505, Bairro do Recife – Recife (PE)


O Corpo e Suas Escrituras

Roberto Lúcio trabalhou com fotografia e pintura em sua nova exposição

Roberto Lúcio trabalhou com fotografia e pintura em sua nova exposição

Já na Arte Plural Galeria, a nova exposição do paraibano Roberto Lúcio explora ao mesmo tempo a fotografia e a pintura. O artista fez intervenções em suas fotografias e algumas delas foram quase totalmente tomadas pela pintura. No centro das atenções está o corpo feminino, que exala erotismo ao interagir com objetos diversos, até mesmo com bolas de gude. 

O corpo feminino é o centro das atenções na nova mostra de Roberto Lúcio

O corpo feminino é o centro das atenções na nova mostra de Roberto Lúcio

roberto lúcio 3

Horário:
De terça à sexta-feira, das 13h às 19h
Aos sábados, das 16h às 20h
Entrada gratuita

Exposição: O Corpo e Suas Escrituras
Artista: Roberto Lúcio

Até 29 de outubro
Local: Arte Plural Galeria
Endereço: Rua da Moeda, 140, Bairro do Recife – Recife (PE). Telefone: (81) 3424-4431


Olhar a Ponte Que Nos Liga

Os delírios de Dom Quixote se misturam aos delírios do artista plástico Marcos Carvalho, nessa exposição que celebra os 400 anos de Miguel de Cervantes, criador do próprio Dom Quixote, personagem mais célebre da literatura espanhola. São 18 obras, entre quadros e esculturas, que visitam ainda os universos de outros artistas espanhóis, como Salvador Dalí, Picasso, Velásquez, Goya e Miró. A mostra, que é promovida em parceria com o Instituto Cervantes do Recife, e será aberta ao público no dia 26 de outubro.

A exposição de Marcos Carvalho entrará em cartaz no próximo dia 26

A exposição de Marcos Carvalho entrará em cartaz no próximo dia 26

Horário:
De terça à sexta-feira, das 10h às 18h
Aos sábados, das 15h às 18h
Aos domingos, das 15h às 19h
Entrada gratuita

 

Exposição: Olhar a Ponte Que Nos Liga
Artista: Marcos Carvalho

De 26 de outubro a 9 de novembro
Local: Torre Malakoff
Endereço: Praça do Arsenal, S/N, Bairro do Recife – Recife (PE)