Pigmum

arte e outros riscos

Filtering by Tag: sergipe

Canal Pigmum: visite comigo a Galeria de Arte J. Inácio!

Quem me acompanha pelo Instagram certamente deve lembrar que no finalzinho do último mês de dezembro eu passei alguns dias em Aracaju e é claro que eu não saí de lá de mãos abanando! Aproveitei minha estadia pra visitar um dos principais espaços expositivos da capital sergipana, a Galeria de Arte J. Inácio.

São mais de 35 anos em atividade e um acervo com obras de diversos nomes que marcaram a produção artística no Estado. Preciso destacar também o carinho com que fui recebido pela equipe da galeria, em especial pela diretora do espaço, Jane Junqueira, que gentilmente cedeu a entrevista que vocês poderão conferir no vídeo.

Ah, e não esqueça de se inscrever no canal! =)

A arte sacra repaginada de Crec Leão entra em cartaz nesta terça (23), em Aracaju-SE

Durante séculos e séculos a pintura de temas religiosos foi uma constante na história da arte, mas engana-se quem pensa que essa temática já não tem mais nada a oferecer. Nas obras do artista visual Crec Leão, imagens da tradição católica ganham novas formas, cores e texturas, atualizando símbolos seculares com uma faceta artística mais contemporânea. E se você estiver em Aracaju-SE, vai poder conferir o resultado desses experimentos a partir de hoje!

A pintura sacra de Crec Leão é cheia de cor e elementos que remetem à contemporaneidade

A pintura sacra de Crec Leão é cheia de cor e elementos que remetem à contemporaneidade

crec leão

Nesta terça-feira (23), às 19h, o Café da Gente, anexo ao Museu da Gente Sergipana, recebe ‘As Cores da Fé’, a nova exposição de Crec Leão. O artista, inclusive, já havia realizado outra mostra no museu, com pinturas que também deram uma cara mais contemporânea aos símbolos tradicionais do cangaço.

O cangaço na perspectiva de Crec Leão

O cangaço na perspectiva de Crec Leão

Exposição anterior do artista esteve em cartaz no Museu da Gente Sergipana

Exposição anterior do artista esteve em cartaz no Museu da Gente Sergipana

A influência para ressignificar ícones culturais fazendo uso de cores vibrantes vem principalmente da Pop Art. Lembram da Marilyn Monroe de Andy Warhol? Pois é, mas as referências de Crec Leão também passam pelo movimento dadaísta e pelos quadrinhos de Frank Muller e Bill Sienkiewicz. Aliás, os quadrinhos foram fundamentais na educação artística de Crec Leão, que desenha desde os 4 anos de idade e tem formação autodidata.

Uma das pinturas de Marilyn Monroe, assinadas por Andy Warhol

Uma das pinturas de Marilyn Monroe, assinadas por Andy Warhol

O artista Crec Leão

O artista Crec Leão

Mas ao mesmo tempo que a nova exposição propõe um olhar contemporâneo sobre a iconografia do sagrado, também remete o visitante ao colorido e às formas inventivas da arte medieval, dominada pela influência da Igreja Católica. Afinal, a arte desse período deixou frutos maravilhosos, como os mosaicos das igrejas bizantinas.

'Iluminura do Apóstolo Paulo'  (1185), de Meister aus Halberstadt, exemplo da inventividade da arte medieval

'Iluminura do Apóstolo Paulo' (1185), de Meister aus Halberstadt, exemplo da inventividade da arte medieval

'Cristo Pantocrator' , mosaico bizantino do final do século XII

'Cristo Pantocrator', mosaico bizantino do final do século XII

Ou seja, a arte de Crec Leão dá um novo fôlego à pintura de temática religiosa, mas também tem o poder de nos remeter ao passado e de reavivar questões que estão enraizadas em nossa sociedade, como o valor simbólico da adoração a uma divindade ou a necessidade de ritos para a confirmação da fé.

A exposição  'As Cores da Fé'  fica em cartaz até 15 de agosto

A exposição 'As Cores da Fé' fica em cartaz até 15 de agosto

crec leão
crec leão

SERVIÇO:

Abertura da exposição ‘As Cores da Fé’
Artista: Crec Leão
23 de maio (terça-feira), às 19h.
Local: Café da Gente
Endereço: Av. Ivo do Prado, 398 - Centro. Aracaju - Sergipe (Museu da Gente Sergipana). Telefone: (79) 3246-3186
 

Visitação: até 15 de agosto, de terça-feira a domingo, das 10h às 18h
Entrada franca.
 

No Dia Mundial do Teatro, Aracaju abre seu III Festival Sergipano de Artes Cênicas com espetáculo gratuito

Preparados para uma segunda-feira teatral em Aracaju-SE? É que hoje (27), Dia Mundial do Teatro, a capital sergipana abre a terceira edição de seu Festival Sergipano de Artes Cênicas.

A terceira edição do Festival Sergipano de Artes Cênicas vai até 30 de abril, sempre gratuito

A terceira edição do Festival Sergipano de Artes Cênicas vai até 30 de abril, sempre gratuito

Ao todo, serão 5 semanas de apresentações gratuitas de teatro e dança, espalhados entre os teatros Atheneu, Lourival Batista, Tobias Barreto, praças e outros espaços públicos de Aracaju e do interior. Além disso, haverá também palestras e oficinas para profissionais da área e demais interessados. O Festival vai até 30 de abril.

Nesta primeira semana tem apresentação todo dia! Oito espetáculos subirão aos palcos, começando com a peça mineira ‘Danação’, que se apresenta logo mais às 20h no Teatro Tobias Barreto, trazendo o ator Eduardo Moreira em seu primeiro trabalho solo.

O solo 'Danação', do mineiro Eduardo Moreira, abrirá o Festival nesta segunda-feira (27)

O solo 'Danação', do mineiro Eduardo Moreira, abrirá o Festival nesta segunda-feira (27)

Em ‘Danação’, o público vai se deparar com a narração das memórias de um homem que viveu dentro do coração de uma mulher. Nesse contexto, vida, morte, amor e memória são questões que se revelam, mesmo com pouca nitidez. As lembranças não são exatamente claras e o público é fundamental para o desenrolar da história.

Eduardo Moreira é um dos fundadores do Grupo Galpão, de Belo Horizonte-MG

Eduardo Moreira é um dos fundadores do Grupo Galpão, de Belo Horizonte-MG

eduardo moreira 2

Eduardo Moreira é um dos fundadores do Grupo Galpão, uma das principais companhias de teatro do Brasil, com uma trajetória de 35 anos e mais de 20 espetáculos na bagagem. Ótima escolha para dar o ponta pé inicial nesse III Festival Sergipano de Artes Cênicas. Imperdível!

Confira a programação completa da primeira semana:

Programação da primeira semana do Festival

Programação da primeira semana do Festival