Pigmum

arte e outros riscos

Filtering by Tag: arte potiguar

Últimos dias para se inscrever no edital de ocupação da Galeria de Arte do Sesc-RN

Boa notícia pra quem mora no Rio Grande do Norte! Se você é artista e não vê a hora de montar sua próxima exposição (ou até mesmo a primeira!), então corra porque você só tem até o dia 12 de setembro para se inscrever no edital de ocupação da Galeria de Arte do Sesc Cidade Alta, em Natal-RN.

Galeria Sesc Cidade Alta durante vernissage da exposição  'Sisọ ọrọ: imagens falantes' , do artista Gil Leal, selecionada no edital 2017

Galeria Sesc Cidade Alta durante vernissage da exposição 'Sisọ ọrọ: imagens falantes', do artista Gil Leal, selecionada no edital 2017

Ao todo, serão selecionados 4 projetos em artes visuais para integrar a agenda de exposições da galeria durante 2019 e cada projeto contemplado receberá um prêmio de incentivo no valor de R$ 2.500. As propostas podem ser individuais ou coletivas, mas as pessoas interessadas devem ser residentes no Rio Grande do Norte, porque o objetivo da instituição é, principalmente, estimular a produção artística no Estado.

O edital aceita propostas em diversas linguagens, entre elas desenho, colagem, fotografia, gravura, pintura, escultura, instalação, entre outras, desde que as exposições consigam se adequar ao espaço físico da galeria, que é de 36,45m². É, eu sei, é um espaço pequeno, mas significativo no circuito expositivo potiguar!

Imagens da planta baixa da galeria, que tem espaço total de 36,45m²

Imagens da planta baixa da galeria, que tem espaço total de 36,45m²

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo e-mail cultura@rn.sesc.com.br ou pessoalmente, na sede do Sesc Cidade Alta, em Natal. Também dá pra enviar a documentação pelos Correios, mas aí a postagem terá que ser feita por entrega rápida (e vai sair mais caro 😉).

Imagens da exposição  'A Estrada é Longa' , de Lucas MDS, mais recente mostra da galeria. Também contemplada no edital 2017

Imagens da exposição 'A Estrada é Longa', de Lucas MDS, mais recente mostra da galeria. Também contemplada no edital 2017

galeria sesc cidade alta natal

A seleção será feita por uma comissão formada por 5 membros, que avaliarão os projetos de acordo com critérios previstos no edital. A lista de projetos inscritos será divulgada em 14 de setembro e o resultado final, no dia 28 de setembro.

Pra mais informações, você vai ter que acessar o edital. Boa sorte!

*Atenção: no edital, a data que consta como prazo final para inscrição está 7 de setembro, porém esse prazo foi prorrogado para 12 de setembro.

Artista do Mês: os olhos enigmáticos de Kéfren Pok e a arte que observa a cidade

Fevereiro chegou ao fim, mas não antes de conhecer mais do trabalho de Kéfren Pok, que ao longo do mês foi destaque no Facebook e no Instagram do Pigmum!

Kéfren Pok é o grafiteiro por trás dos olhos que tomaram conta das ruas de Natal

Kéfren Pok é o grafiteiro por trás dos olhos que tomaram conta das ruas de Natal

Se você é de Natal-RN provavelmente já se deparou com esses olhos enigmáticos espalhados em muros, postes, caixas de telefone e de energia instaladas pelas ruas... Por toda a cidade, os olhos de Pok estão bem atentos a tudo o que acontece e provavelmente estão atentos a você também!

kefren pok
kefren pok

Natural de Macaíba, região metropolitana de Natal, Kéfren de Lima Silva – ou simplesmente Pok, como ele assina seus trabalhos – tem 28 anos e é formado em Design Gráfico. O graffiti surgiu na vida do artista em 2010, como instrumento para superar a depressão. Ele começou a grafitar pelas ruas da capital potiguar e desde então já deixou sua marca em cidades como Recife, João Pessoa, Curitiba, Rio de Janeiro e até Paris, onde realizou exposições individuais em 2016, com apoio de um financiamento coletivo pelo Catarse.

kefren pok
kefren pok
kefren pok
kefren pok

Nos últimos anos, além das ruas, os olhos e as tramas cilíndricas coloridas de Pok também têm ocupado espaços expositivos do circuito artístico contemporâneo, principalmente as obras realizadas sobre madeira. Nesses trabalhos, Pok mistura graffiti e pintura, se afasta das tradicionais telas retangulares e se aventura por formatos sinuosos que são recortados respeitando os contornos dinâmicos do artista. A ideia é dar às telas a mesma sensação de movimento que as obras nos muros adquirem quando entram em contato com o cotidiano urbano.

Nos últimos anos, a arte de Pok passou a ocupar também espaços tradicionais da cena artística, como galerias de arte

Nos últimos anos, a arte de Pok passou a ocupar também espaços tradicionais da cena artística, como galerias de arte

O artista começou a experimentar novas técnicas e a grafitar em diferentes suportes, como telas de madeira

O artista começou a experimentar novas técnicas e a grafitar em diferentes suportes, como telas de madeira

Para Kéfren Pok, o recorte sinuoso na madeira dá uma sensação de movimento às obras

Para Kéfren Pok, o recorte sinuoso na madeira dá uma sensação de movimento às obras

kefren pok
kefren pok

Mas não é só isso! A arte de Pok também já estampou camisas, chaveiros, cadernos, bottons e capa de disco! É onipresença que chama? Tô começando a achar que esses olhos fazem parte de algum plano illuminati!

Os olhos de Kéfren Pok também já viraram chaveiros...

Os olhos de Kéfren Pok também já viraram chaveiros...

Estamparam camisas...

Estamparam camisas...

Bottons...

Bottons...

E capas de caderno!

E capas de caderno!

Agora me diz, é você que tá olhando para eles ou eles que estão vigiando você? Pense direitinho.😉