Pigmum

arte e outros riscos

Filtering by Tag: arte no nordeste

Giro cultural: 9 exposições de arte no Nordeste para conferir até o fim de outubro

Com o cenário político tão conturbado que estamos vivendo neste mês de outubro, será que sobra algum espaço para a arte? A resposta é mil vezes, sim! Afinal, a arte por si só já é uma atividade política e há de continuar resistindo, sendo mais um espaço de contraponto crítico e de reverberação de questões sociais, históricas e também estéticas. Por isso, frequentar exposições de arte é também estar inserido no meio do debate político e o Pigmum tá aqui pra te ajudar.

Nesta edição do nosso giro cultural pelas exposições que estão em exibição nas capitais nordestinas, o viés político aparece na obra de Sunshine Santos, em cartaz em São Luís (MA), com uma obra que aborda o tema da condição da mulher negra no Brasil; aparece também no Recife (PE), com o trabalho fotográfico de Helder Ferrer sobre a maior reserva de Mata Atlântica de Pernambuco; tem também uma mostra coletiva em João Pessoa (PB) que discute a falência dos modos de vida na contemporaneidade; e em Natal (RN), a artista carioca Sofia Bauchwitz trata da insuficiência de se transmitir a barbárie social por meio de imagens.

E esses são só alguns destaques. Motivos para incluir essas exposições na sua agenda política não vão faltar. Confira:


Salvador (BA)

‘O Trem da História’  propõe uma viagem imaginária pelos diferentes períodos da história da arte

‘O Trem da História’ propõe uma viagem imaginária pelos diferentes períodos da história da arte

Já que outubro é o mês da criança, a gente começa com uma exposição pensada especialmente para o público infanto-juvenil. Inspirada no livro ‘O Trem da História’, de Katia Canton, a mostra propõe uma viagem imaginária de trem pelos diferentes períodos da história da arte, apresentando réplicas de obras de artistas que marcaram época, como Tarsila do Amaral, Van Gogh, Monet, Gauguin, Portinari, Degas, Picasso, Bosch, Renoir e muitos outros. Para se aproximar das crianças, as obras foram dispostas em uma altura que permite a elas a apreciação de detalhes. É uma ótima oportunidade para inseri-las no mundo da arte, não acham?

A mostra foi pensada principalmente para o público infantil

A mostra foi pensada principalmente para o público infantil

Reprodução de uma pintura de Bosch

Reprodução de uma pintura de Bosch

Reprodução de uma pintura de Rembrandt

Reprodução de uma pintura de Rembrandt

SERVIÇO:

Exposição: O Trem da História

Artistas: Coletiva

Até 16 de dezembro, de terça-feira a domingo, das 09 às 18h

Local: Caixa Cultural Salvador

Endereço: Rua Carlos Gomes, 57, Centro. Salvador – Bahia. Telefone: (71) 3421-4200

Entrada: Entrada franca


Maceió (AL)

O Salão Nacional de Arte Contemporânea de Alagoas já está em sua quarta edição

O Salão Nacional de Arte Contemporânea de Alagoas já está em sua quarta edição

O Complexo Cultural Teatro Deodoro recebe o IV Salão Nacional de Arte Contemporânea de Alagoas, reunindo 40 artistas brasileiros e três representantes internacionais, as artistas Alessandra Zucotti (Itália), Maria Rezende (Portugal) e Lúcia Hinz (radicada na Alemanha). Esta é a primeira vez que o salão recebe obras de artistas de outros países. São dezenas de trabalhos, entre pinturas, esculturas, instalações, desenhos, fotografias e videoarte, trazendo ao estado um recorte da atual produção artística brasileira.

Instalação com barquinhos de papel no espelho d’água da galeria

Instalação com barquinhos de papel no espelho d’água da galeria

Pintura de Pedro Dias

Pintura de Pedro Dias

A exposição recebeu 40 artistas ao todo

A exposição recebeu 40 artistas ao todo

 SERVIÇO:

Exposição: IV Salão de Arte Contemporânea de Alagoas

Artista: Coletiva

Até 3 de novembro, de segunda a sábado, das 8h às 18h, às quartas-feiras, das 8h às 20h e aos domingos e feriados, das 14h às 17h

Local: Complexo Cultural Teatro Deodoro

Endereço: Rua Barão de Maceió, s/n - Centro. Maceió - Alagoas. Telefone: (82) 3315-5660

Entrada gratuita.


João Pessoa (PB)

Montagem de  ‘Iminência da Tragêdia’  durante temporada em São Paulo

Montagem de ‘Iminência da Tragêdia’ durante temporada em São Paulo

 As urgências dos nossos tempos, as falências dos modos de vida e os jogos de enquadramento do mundo são alguns dos temas explorados pelas artistas Denise Alves-Rodrigues, Fabiana Faleiros, Marta Pennerr, Marina Zilbersztein, Noara Quintana e Potira Maia na coletiva ‘Iminência da Tragédia’. Em tempos de fake news, os questionamentos sobre nossa percepção da realidade parecem – mais do que nunca – ser um campo onde a arte contemporânea inevitavelmente deve estar, inclusive promovendo o estímulo ao pensamento crítico. A mostra traz artistas que vivem em São Paulo e na Paraíba. A ideia é promover o intercâmbio e a circulação da produção artística contemporânea em diferentes circuitos expositivos.

Iminência da Tragédia Casarão 34
Pinturas de Potira Maia

Pinturas de Potira Maia

Pintura de Potira Maia

Pintura de Potira Maia


SERVIÇO:

Exposição: Iminência da Tragédia

Artista: Coletiva

Até 20 de novembro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 17h

Local: Casarão 34

Endereço: Praça Dom Adauto, 34 – Centro. João Pessoa – Paraíba. Telefone: (83) 3218-9708

Entrada gratuita.


Fortaleza (CE)

Os retratos pintados por Juca Máximo. Fotografia: Márcia Travessoni Galeria

Os retratos pintados por Juca Máximo. Fotografia: Márcia Travessoni Galeria

Com passagem por países como Áustria, Alemanha, Canadá, Japão e Paquistão, o cearense Juca Máximo finalmente realiza sua primeira exposição em Fortaleza. São 17 pinturas com retratos de gente que o artista, silenciosamente, observa nas ruas, em seu cotidiano, transformando rostos em traços, cores e texturas. A escolha do restaurante Sótão Moleskine como espaço expositivo não foi por acaso. Segundo o artista, sua intenção era estar mais próximo do público, em um local de bastante movimento.

Juca Máximo Me Tenha, Distância
Juca Máximo Me Tenha, Distância
As obras de Juca Máximo já foram expostas em vários países. Fotografia: Márcia Travessoni Galeria

As obras de Juca Máximo já foram expostas em vários países. Fotografia: Márcia Travessoni Galeria

SERVIÇO:

Exposição: Me tenha, distância

Artista: Juca Máximo

Até 16 de novembro, de segunda a quinta-feira, das 17h às 00h e de sexta-feira a domingo, das 12h às 00h

Local: Restaurante Sótão Moleskine

Endereço: Rua Professor Dias da Rocha, 578 – Meireles. Fortaleza – Ceará. Telefone: (85) 3037-1700

Entrada gratuita.


Natal (RN)

Composição de Sofia Bauchwitz

Composição de Sofia Bauchwitz

Na exposição ‘Até sair do mapa’, a carioca Sofia Bauchwitz reafirma sua luta pelo direito de caminhar pelo mundo em busca de um horizonte renovado. A artista apresenta uma instalação com textos, fotografias, pinturas e pedras, entrando no campo tridimensional para questionar as limitações presentes no ato de enquadrar imagens, sejam em fotografias, quadros ou janelas. Trata-se da insuficiência de se transmitir a barbárie social por meio desses enquadramentos. A exposição nos convida a sair do plano e ganhar o mundo lá fora.

Sofia Bauchwitz
Sofia Bauchwitz
Sofia Bauchwitz

SERVIÇO:

Exposição: Até sair do mapa

Artista: Sofia Bauchwitz

Até 26 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h

Local: Galeria Conviv’art

Endereço: Avenida Senador Salgado Filho, 3000, Sala 11, Campus Universitário UFRN – Lagoa Nova. Natal – Rio Grande do Norte. Telefone: (84) 3215-3240 (Centro de Convivência Djalma Marinho)

E-mail: galeriaconvivart@gmail.com

Entrada gratuita.


Teresina (PI)

Nesta exposição, as pintura de Avelar Amorim trazem crianças e diferentes maneiras de se entender o sentido da palavra erê

Nesta exposição, as pintura de Avelar Amorim trazem crianças e diferentes maneiras de se entender o sentido da palavra erê

Ainda em clima de mês da criança, o artista visual piauiense Avelar Amorim celebra as alegrias da infância com a diversidade de cores de seu trabalho, na exposição ‘Erê’, que no idioma iorubá é uma expressão associada à ‘brincadeira’. A exposição está em cartaz no café O Guarany, no Jóquei, e apresenta 23 pinturas, entre acrílico sobre tela e aquarela.

Avelar Amorim Erê
Avelar Amorim Erê

SERVIÇO:

Exposição: Erê

Artista: Avelar Amorim

Até 29 de outubro, de segunda-feira a sábado, das 9h às 21h

Local: Cafeteria O Guarany

Endereço: Rua Aviador Irapuã Rocha, 1212 – Jóquei, Teresina – Piauí. Telefone: (86) 3233-3311

Entrada gratuita.


Recife (PE)

Fotografia: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

Fotografia: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

A Arte Plural Galeria recebe as fotografias de Helder Ferrer. Fotografia: Hélia Scheppa

A Arte Plural Galeria recebe as fotografias de Helder Ferrer. Fotografia: Hélia Scheppa

O ciclo de renovação da Mata Atlântica é tema da exposição ‘Caos – Fertilidade e Mistérios’, do fotógrafo Helder Ferrer. São 22 imagens, feitas em cenários naturais de Aldeia, na região metropolitana do Recife. É lá que está a maior reserva de Mata Atlântica de Pernambuco e onde o artista foi morar há cerca de 2 anos. Desde então, o interesse pela floresta se tornou constante e o artista passou a se aventurar mata adentro, descobrindo sons, texturas e detalhes da fauna e da flora do lugar. Acima de tudo, os registros de Ferrer também expressam um grito da natureza pela sua preservação.

‘Fertilidade’,  pigmento mineral sobre papel, foto de Helder Ferrer, presente na exposição

‘Fertilidade’, pigmento mineral sobre papel, foto de Helder Ferrer, presente na exposição

‘Mistério 1’ , pigmento mineral sobre papel, foto de Helder Ferrer, presente na exposição

‘Mistério 1’, pigmento mineral sobre papel, foto de Helder Ferrer, presente na exposição

SERVIÇO:

Exposição: Caos – Fertilidade e Mistérios

Artista: Helder Ferrer

Até 21 de dezembro, de terça a sexta-feira, das 13h às 19h e aos sábados, das 16h às 20h

Local: Arte Plural Galeria

Endereço: Rua da Moeda, 140, Recife Antigo. Recife – Pernambuco. Telefone: (81) 3424-4431

Entrada gratuita.


Aracaju (SE)

Pequena instalação de Rick Rodrigues

Pequena instalação de Rick Rodrigues

O que é um lar? Já parou pra pensar sobre as qualidades que estão relacionadas a esse conceito? O espaço de habitação, o conforto da intimidade, a moradia como proteção... essas são algumas discussões que o artista visual capixaba Rick Rodrigues propõe em seu trabalho poético. Composta por desenhos, bordados, objetos e pequenas instalações, a exposição ‘Eu sou o meu lar’ expressa com sutileza que um lar é muito mais do que uma casa.

A sutileza poética de Rick Rodrigues se manifesta principalmente em seus bordados

A sutileza poética de Rick Rodrigues se manifesta principalmente em seus bordados

Rick Rodrigues Eu sou o meu lar
Rick Rodrigues Eu sou o meu lar

SERVIÇO:

Exposição: Eu sou o meu lar

Artista: Rick Rodrigues

Até 8 de novembro, de segunda a sexta-feira, das 10h às 20h

Local: Galeria de Arte do Sesc-SE

Endereço: Rua Senador Rollemberg, 301 – São José. Aracaju – Sergipe. Telefone: (79) 3216-2753

E-mail: sescgaleria@gmail.com

Entrada gratuita.


São Luís (MA)

Walter Sá propõe uma releitura pop do cazumba, personagem do bumba-meu-boi

Walter Sá propõe uma releitura pop do cazumba, personagem do bumba-meu-boi

O Centro Cultural Vale Maranhão (CCVM) recebe três artistas visuais na edição deste ano do projeto Ocupa CCVM 2018. Os artistas, que foram selecionados via edital, realizaram obras especialmente para os espaços do CCVM, são eles: ‘Nega Sim, Sua Não’, de Sunshine Santos, que aborda o tema da condição da mulher negra no Brasil; ‘#caz(1)bando’, do artista Walter Sá, que propõe uma releitura pop da figura do cazumba, personagem do bumba-meu-boi da Baixada Maranhense; e por fim, ‘Gestos Fósseis’, instalação de Romana Maria, que apresenta suas investigações sobre a gestualidade na escultura em cerâmica.

Instalação  ‘Gestos Fósseis’ , de Romana Maria

Instalação ‘Gestos Fósseis’, de Romana Maria

Detalhe da obra  ‘Nega Sim, Sua Não’ , de Sunshine Santos

Detalhe da obra ‘Nega Sim, Sua Não’, de Sunshine Santos

SERVIÇO:

Exposição: Ocupa CCVM 2018

Artista: Coletiva

Até 22 de dezembro, de terça-feira a domingo, das 10h às 19h

Local: Centro Cultural Vale Maranhão

Endereço: Av. Henrique Leal, 149 – Praia Grande. São Luís - Maranhão.

Entrada gratuita.

Giro cultural: 9 exposições em cartaz no Nordeste para visitar em setembro

E num piscar de olhos já estamos em setembro! Dá pra acreditar que 2017 já está entrando na reta final? Mas não antes de você conferir as principais exposições de arte que estão em cartaz no Nordeste! Como sempre, o Pigmum selecionou aquelas que são realmente imperdíveis. Então se você mora em uma das 9 capitais da região ou está de passagem ao longo do mês, não deixe de fazer uma visita!

Aracaju (SE)

Nesta exposição, as gravuras de Antônio Cruz foram feitas em peças de aço inoxidável

Nesta exposição, as gravuras de Antônio Cruz foram feitas em peças de aço inoxidável

A curiosidade em trabalhar com novos métodos e materiais levou o artista sergipano Antônio Cruz a gravar suas imagens em aço inoxidável, utilizando uma retificadora para abrir caminhos nas pranchas de metal. Como resultado, o artista obteve peças com um brilho metálico surpreendente. Segundo ele, a mostra é inspirada também na arquitetura de Aracaju, entre as décadas de 1920 e 1940, de forte influência Art Déco. Uma exposição no mínimo curiosa, né?

O artista se inspirou na arquitetura sergipana do período entre guerras

O artista se inspirou na arquitetura sergipana do período entre guerras

O trabalho em aço proporcionou um brilho metálico às imagens

O trabalho em aço proporcionou um brilho metálico às imagens

Fachada da Galeria J. Inácio

Fachada da Galeria J. Inácio

SERVIÇO:

Exposição: Matrizes, Geratrizes e Derivadas
Artista: Antônio Cruz
Até 2 de outubro, das 9h às 17h
Local: Galeria J. Inácio
Endereço: Rua Dr. Leonardo Leite, s/n, Bairro 13 de Julho (anexo à Biblioteca Pública Epifânio Dória). Aracaju – Sergipe. Telefone: (79) 3179-1969
Entrada gratuita.


Natal (RN)

O jazz é o principal tema das telas desta exposição

O jazz é o principal tema das telas desta exposição

O artista é um apaixonado por este gênero musical

O artista é um apaixonado por este gênero musical

Com essa exposição individual do artista alemão Marek Mann, finalmente o Museu Café Filho foi reaberto ao público, após longos anos de descaso! Na mostra, pinturas que homenageiam principalmente o jazz - uma das paixões do artista, ocupam as paredes de uma das construções mais antigas da capital potiguar (cerca de 200 anos de história). Marek Mann, que é casado com uma brasileira, tem uma longa trajetória também como designer, ilustrador e escritor de livros infantis, com publicações em vários países europeus. O artista mora e produz em Natal desde o ano passado.

Fachada do Museu Café Filho, reaberto com exposição de Marek Mann

Fachada do Museu Café Filho, reaberto com exposição de Marek Mann

Interior do museu, durante vernissage de abertura da exposição

Interior do museu, durante vernissage de abertura da exposição

SERVIÇO:

Exposição: Uma retrospectiva de Marek Mann
Artista: Marek Mann
Até 30 de setembro, de terça-feira a domingo, das 8h30 às 17h
Local: Museu Café Filho
Endereço: Rua da Conceição, 601, Cidade Alta. Natal – Rio Grande do Norte.
Entrada gratuita.


Teresina (PI)

As aquarelas de Avelar Amorim retratam uma Teresina que ninguém quer ver

As aquarelas de Avelar Amorim retratam uma Teresina que ninguém quer ver

Teresina acabou de completar 165 anos de história e o artista Avelar Amorim encontrou uma maneira de homenagear a cidade de uma forma crítica, chamando a atenção para locais desprestigiados da cidade. São cerca de 30 aquarelas que privilegiam áreas abandonadas, sujas e esquecidas. Lugares que precisam da atenção de todo mundo, principalmente do setor público. Nas obras, têm destaque os esgotos caindo no rio sem tratamento, o monumento do Motorista Gregório, a ponte estaiada, o Mercado Central, o Mercado do Peixe, o IFPI, entre outros pontos. 

A ponte estaiada

A ponte estaiada

Triste realidade: esgotos desaguando no rio

Triste realidade: esgotos desaguando no rio

Entrada da exposição na Casa da Cultura de Teresina

Entrada da exposição na Casa da Cultura de Teresina

SERVIÇO:

Exposição: Teresina 'Réa Feia'
Artista: Avelar Amorim
Até 30 de setembro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h e aos sábados, das 9h às 13h
Local: Casa da Cultura de Teresina
Endereço: Rua Rui Barbosa, 348, Centro. Teresina – Piauí. Telefone: (86) 3230-9910
Entrada gratuita.
 


Recife (PE)

O trabalho fotográfico de Maria do Carmo Nino é cheio de sutileza  e traz uma poeticidade que vai além do registro da imagem

O trabalho fotográfico de Maria do Carmo Nino é cheio de sutileza  e traz uma poeticidade que vai além do registro da imagem

Seria a fragilidade humana o motor da arte? A artista visual pernambucana Maria do Carmo Nino acredita que sim e ela encontrou no vidro um ótimo suporte para expressar poeticamente essa ideia. Na exposição 'Da Nossa Essência de Vidro', o público vai encontrar fotografias impressas sobre uma superfície transparente de vidro e também pinturas feitas com esmalte de unhas que, quando em contato com a água, criam camadas distintas de cor. As pinturas foram feitas sobre diferentes materiais, como papel japonês, canson preto e peças de vidro. Essa é a primeira exposição da artista em 6 anos. 

Pinturas feitas com esmalte de unhas sobre papel japonês

Pinturas feitas com esmalte de unhas sobre papel japonês

O esmalte de unhas sobre vidro garantiu efeitos estéticos inesperados ao trabalho da artista

O esmalte de unhas sobre vidro garantiu efeitos estéticos inesperados ao trabalho da artista

Maria do Carmo Nino

SERVIÇO:

Exposição: Da nossa essência de vidro
Artista: Maria do Carmo Nino
Até 20 de outubro, de terça a sexta-feira, das 13h às 19h e aos sábados, das 16h às 20h
Local: Arte Plural Galeria
Endereço: Rua da Moeda, 140, Recife Antigo. Recife – Pernambuco. Telefone: (81) 3424-4431
Entrada gratuita.


João Pessoa (PB)

Abertura da galeria e da exposição em homenagem ao artista  naïf  paraibano Alexandre Filho

Abertura da galeria e da exposição em homenagem ao artista naïf paraibano Alexandre Filho

A Usina Cultural Energisa acaba de inaugurar mais um espaço expositivo: a Galeria de Arte Alexandre Filho, em homenagem a um dos principais artistas naïf do país, reconhecido internacionalmente. E nada melhor do que o próprio homenageado para inaugurar o espaço. A mostra 'Alexandre Filho - Pinturas e Gravura' apresenta 17 obras, sendo 16 pinturas e 1 gravura em serigrafia, produzidas entre 1981 e 2017. Embora seja uma exposição retrospectiva, muitas obras são inéditas, pois pertencem a acervos particulares de colecionadores. Alexandre Filho é paraibano, tem 85 anos e mais de 50 de carreira. E eu nem preciso dizer que essa justíssima homenagem é imperdível, né!? 

As obras de Alexandre Filho encantam pela simplicidade do traço e pela riqueza das cores sólidas

As obras de Alexandre Filho encantam pela simplicidade do traço e pela riqueza das cores sólidas

Alexandre Filho

SERVIÇO:

Exposição: Alexandre Filho - Pinturas e Gravura
Artista: Alexandre Filho
Até 30 de setembro, de terça-feira a domingo, das 14h às 20h
Local: Usina Cultural Energisa
Endereço: Rua João Bernardo de Albuquerque, 243, Tambiá. João Pessoa – Paraíba. Telefone: (83) 3221-6343
Entrada gratuita.


São Luís (MA)

Com a exposição Acervos, a prefeitura de São Luís exibe ao público a coleção artística pública adquirida pelo município ao longo de 30 anos. Fotografia: Lauro Vasconcelos

Com a exposição Acervos, a prefeitura de São Luís exibe ao público a coleção artística pública adquirida pelo município ao longo de 30 anos. Fotografia: Lauro Vasconcelos

E quem também está completando aniversário é São Luís. São 405 anos de história e para comemorar a Galeria Trapiche inaugurou uma exposição coletiva com 22 obras de artistas maranhenses que se inspiraram de alguma forma na cidade. As obras fazem parte do acervo adquirido pela prefeitura de São Luís ao longo dos últimos 30 anos. São trabalhos de João Carlos Pimentel, Ana Rodrigues, Francisco Moreno, Edson Mondego, Antônio dos Anjos, Marlene Barros, Miguel Veiga, Franssoufer, Telma Lopes, Thiago Martins e Tom Bezerra.

A tradição carnavalesca do Maranhão está presente na exposição. Fotografia: Lauro Vasconcelos

A tradição carnavalesca do Maranhão está presente na exposição. Fotografia: Lauro Vasconcelos

A cidade de São Luís sob diferentes estilos e técnicas de pintura

A cidade de São Luís sob diferentes estilos e técnicas de pintura

Acervos Galeria Trapiche

SERVIÇO:

Exposição: Acervos
Artista: Coletiva
Até 5 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 14h às 19h
Local: Galeria Trapiche Santo Ângelo
Endereço: Av. Vitorino Freire, s/n, Praia Grande. São Luís – Maranhão.
Entrada gratuita.


Fortaleza (CE)

Essa é uma das maiores exposições retrospectivas dedicadas à Antonio Bandeira

Essa é uma das maiores exposições retrospectivas dedicadas à Antonio Bandeira

Após uma das mais completas mostras sobre a arte do cearense Leonilson, o Espaço Cultural Unifor monta agora outra grande exposição, dessa vez apresentando a trajetória do também cearense Antônio Bandeira, um dos pioneiros da arte abstrata no Brasil. São 91 trabalhos, desde as primeiras pinturas figurativas e de caráter social dos anos 1940, até suas últimas grandes telas abstratas do final dos anos 1960. Além da pintura, Antônio Bandeira se dedicou também ao desenho e à gravura e, ao longo de sua carreira, passou a experimentar materiais até então inusitados, como miçangas, fitas adesivas e tinta automotiva.

Antonio Bandeira é um dos pioneiros da arte abstrata no Brasil

Antonio Bandeira é um dos pioneiros da arte abstrata no Brasil

Tela produzida com técnica mista, utilizando miçangas

Tela produzida com técnica mista, utilizando miçangas

O artista, que começou com pinturas figurativas de cunho social, experimentou outras vertentes ao longo de sua trajetória

O artista, que começou com pinturas figurativas de cunho social, experimentou outras vertentes ao longo de sua trajetória

SERVIÇO:

Exposição: Antonio Bandeira: um abstracionista amigo da vida
Artista: Antonio Bandeira
Até 12 de dezembro, de terça a sexta-feira, de 9h às 19h e aos sábados e domingos, de 10h às 18h.
Local: Espaço Cultural Unifor
Endereço: Av. Washington Soares, 1321, Edson Queiroz. Fortaleza – Ceará. Telefone: (85) 3477-3319
Entrada gratuita.


Salvador (BA)

Peças de cerâmica expostas na exposição

Peças de cerâmica expostas na exposição

Apesar de ser conhecido pelo trabalho em cerâmica, Brennand também produz pinturas em tela

Apesar de ser conhecido pelo trabalho em cerâmica, Brennand também produz pinturas em tela

O pernambucano Francisco Brennand construiu um verdadeiro reino imagético ao longo de mais de 60 anos de carreira! Muito desse tempo dedicado à produção de peças de cerâmica que mergulham em temas como fertilidade, mitologia, fauna, flora e a tradição popular Nordestina. Nessa exposição, inédita em Salvador, o público vai encontrar 27 obras do acervo original do artista, criadas em fases diferentes de sua carreira. Brennand, que completou 90 anos em junho, é praticamente uma lenda viva do Recife e sua oficina de cerâmica, além de ser parada obrigatória para quem visita a cidade, é também a materialização monumental desse reino mitológico criado por ele. Imperdível!

Peça de cerâmica assinada por Brennand

Peça de cerâmica assinada por Brennand

As tradições populares do Nordeste fazem parte do universo imagético do artista

As tradições populares do Nordeste fazem parte do universo imagético do artista

SERVIÇO:

Exposição: Francisco Brennand - Mestre dos Sonhos
Artista: Francisco Brennand
Até 1 de outubro, de terça-feira a domingo, das 9h às 18h
Local: Caixa Cultural Salvador
Endereço: Rua Carlos Gomes, 57, Centro. Salvador – Bahia. Telefone: (71) 3421-4200
Entrada: Entrada franca


Maceió (AL)

Salão principal da Pinacoteca da Ufal recebe a exposição  'Horizontes - Arte contemporânea de Alagoas'

Salão principal da Pinacoteca da Ufal recebe a exposição 'Horizontes - Arte contemporânea de Alagoas'

Alagoas está completando 200 anos de Emancipação Política em 2017 e a Pinacoteca da Ufal aproveitou esse marco histórico para homenagear os artistas alagoanos com um panorama da arte contemporânea produzida no Estado. São mais de 40 obras inéditas - entre pinturas, esculturas, fotografias e instalação, de nomes como Achiles Escobar, Bárbara Lessa, Lula Nogueira, Marta Arruda e Hilda Moura. Mas a mostra não se limita apenas aos artistas já consagrados no cenário local, como também abre espaço a novos horizontes, recebendo trabalhos de 9 artistas iniciantes.

A exposição faz um panorama da arte contemporânea no Estado e convida novos artistas à integrar a mostra

A exposição faz um panorama da arte contemporânea no Estado e convida novos artistas à integrar a mostra

A Pinacoteca tem recebido principalmente crianças e jovens para visitas guiadas e atividades educativas

A Pinacoteca tem recebido principalmente crianças e jovens para visitas guiadas e atividades educativas

Pinacoteca da Ufal Horizontes

SERVIÇO:

Exposição: Horizontes - Arte contemporânea de Alagoas
Artista: Coletiva
Até 7 de outubro, de segunda à sexta-feira, das 8h30 às 18h
Local: Pinacoteca Universitária da Ufal
Endereço: Praça Visconde de Sinimbu, 206, 1º piso - Centro. Maceió - Alagoas (Espaço Cultural Salomão de Barros Lima). Telefone: (82) 3214-1545 | 3214-1428
E-mail: pinaufal@gmail.com

Giro cultural: 8 exposições em cartaz no Nordeste para visitar em abril

Abril chegou e você não pode começar o mês sem saber que as exposições de arte estão bombando no Nordeste! Recentemente, várias mostras foram inauguradas em praticamente todas as capitais da região, só Teresina-PI ficou de fora esse mês. É claro que o Pigmum selecionou aquelas que são realmente imperdíveis! Então já sabe, se você mora em uma dessas cidades ou estará de passagem ao longo do mês, não deixe de fazer uma visita. E tem mais: todas são gratuitas!  Você não tem nem desculpa pra deixar de ir. Vê só:

Aracaju (SE)

Um dos cães solitários feitos de concreto por Elias Santos

Um dos cães solitários feitos de concreto por Elias Santos

A Galeria de Arte J. Inácio inaugurou sua pauta de exposições de 2017 com a mostra ‘Cinzentos’, assinada pelo sergipano Elias Santos. São 12 esculturas que abordam o tema da solidão a partir da perspectiva dos cães. Feitos de concreto, os cães cinzentos do artista, observados por ele em cidades do interior sergipano, surgem como protagonistas para representar simbolicamente esse estado de espírito tão particular. Essa é a primeira das seis exposições que ocuparão a galeria ao longo do ano.

'Cinzentos'  fica em cartaz até 10 de abril. Por isso não perca tempo!

'Cinzentos' fica em cartaz até 10 de abril. Por isso não perca tempo!

elias santos

SERVIÇO:

Exposição: Cinzentos
Artista: Elias Santos
Até 10 de abril, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h
Local: Galeria J. Inácio
Endereço: Rua Dr. Leonardo Leite, s/n, Bairro 13 de Julho (anexo à Biblioteca Pública Epifânio Dória). Aracaju – Sergipe. Telefone: (79) 3179-1969
 


Fortaleza (CE)

A obra de Leonilson é revisitada nessa exposição retrospectiva

A obra de Leonilson é revisitada nessa exposição retrospectiva

Mais de 120 obras assinadas pelo artista visual Leonilson estão expostas no Espaço Cultural da Unifor até o mês de julho. A mostra é uma retrospectiva da carreira desse artista cearense que mudou para São Paulo na infância e teve a vida interrompida ainda muito jovem, em 1993, vítima do vírus HIV. Emoções, dilemas do homem comum e percepções a respeito da condição humana estão presentes nas obras de arte contemporânea de Leonilson. Algumas peças, inclusive, são inéditas.

A exposição fica em cartaz até julho

A exposição fica em cartaz até julho

O artista seguiu o caminho da arte contemporânea em sua breve, mas profícua trajetória

O artista seguiu o caminho da arte contemporânea em sua breve, mas profícua trajetória

leonilson

SERVIÇO:

Exposição: Leonilson: arquivo e memória vivos
Artista: Leonilson
Até 9 de julho, de terça a sexta-feira, de 9h às 19h e aos sábados e domingos, de 10h às 18h.
Local: Espaço Cultural Unifor
Endereço: Av. Washington Soares, 1321, Edson Queiroz. Fortaleza – Ceará. Telefone: (85) 3477-3319
Entrada gratuita.
 


João Pessoa (PB)

As esguias esculturas de Antônio Lobo expostas na Estação Cabo Branco

As esguias esculturas de Antônio Lobo expostas na Estação Cabo Branco

Uma das exposições em cartaz no prédio principal da Estação Cabo Branco chama a atenção pela quantidade de obras expostas pelo artista Antônio Labas. São 90 esculturas que retratam o ser humano em suas variadas faces, revelando dores, anseios, angústias, entre outras emoções que fazem parte do nosso repertório de subjetividades. As peças estão divididas em três séries: Equilíbrio, que são esculturas produzidas em alumínio policromado, emoldurados por aço; Primitivo, em aço inox e alumínio policromado; e Todas as Mulheres do Mundo, que são esculturas em madeira e aço. Imperdível.

A exposição  'Faces'  está dividida em 3 séries. Ao todo são 90 esculturas

A exposição 'Faces' está dividida em 3 séries. Ao todo são 90 esculturas

antonio labas

SERVIÇO:

Exposição: Faces
Artista: Antônio Labas
Até 21 de maio, de terça a sexta-feira, das 9h às 18h e aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 19h.
Local: Estação Cabo Branco
Endereço: Rua João Cyrillo, s/n, Altiplano. João Pessoa – Paraíba. Telefone: (83) 3214-8303 | 3214.8270
Entrada gratuita.
 


Maceió (AL)

A Galeria Gamma no dia da abertura da exposição  'Menu Degustação'

A Galeria Gamma no dia da abertura da exposição 'Menu Degustação'

Na Galeria Gamma, a arte de dez artistas está ali para ser degustada. Provocar sensações tão físicas quanto a do paladar é a proposta da exposição coletiva ‘Menu Degustação’, uma parceria com a Luís Maluf Art Gallery, de São Paulo. Todos os artistas da mostra fazem parte do portfólio da galeria paulistana e expõem em Maceió, até 16 de abril, telas e esculturas de arte contemporânea, com uma pegada super urbana.

Obra  'Caligrapixo' , exposta na mostra  'Menu Degustação'

Obra 'Caligrapixo', exposta na mostra 'Menu Degustação'

'O fim pode ser colorido' , obra de Flávio Rossi

'O fim pode ser colorido', obra de Flávio Rossi

'Vermelho Steam'  é outra das obras expostas nessa mostra coletiva

'Vermelho Steam' é outra das obras expostas nessa mostra coletiva

SERVIÇO:

Exposição: Menu Degustação
Artista: Coletiva
Até 16 de abril, de segunda a sexta-feira, das 14 às 19h e aos sábados, das 9h às 13h
Local: Galeria Gamma
Endereço: Av. Luiz Ramalho de Castro, 899, Jatiúca. Maceió – Alagoas. Telefone: (82) 3377-3979
Entrada gratuita.
 


Natal (RN)

A exposição  'Pelo Pescoço'  quer chamar atenção sobre o problema da violência contra a mulher

A exposição 'Pelo Pescoço' quer chamar atenção sobre o problema da violência contra a mulher

O trágico caso de duas mulheres que foram mortas no Rio Grande do Norte, ambas pelo pescoço, inspirou o artista visual Daniel Torres a criar uma série de 17 desenhos, com girafas meio mulheres e meio animais – evidenciando a maneira brutal pela qual as duas mulheres foram mortas e também a fragilidade dessa parte do corpo nos seres vertebrados. A mostra foi inaugurada em uma data bastante representativa: dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher. Essa é a primeira exposição da pauta de 2017 da Galeria de Arte do SESC-RN.

As girafas e seus longos pescoços serviram de inspiração para Daniel Torres

As girafas e seus longos pescoços serviram de inspiração para Daniel Torres

A ideia da série surgiu após a notícia de duas mulheres que foram brutalmente assassinadas, ambas pelo pescoço

A ideia da série surgiu após a notícia de duas mulheres que foram brutalmente assassinadas, ambas pelo pescoço

SERVIÇO:

Exposição: Pelo Pescoço
Artista: Daniel Torres
Até 19 de abril, das 9h às 19h, exceto finais de semana e feriados
Local: Galeria de Arte do SESC Cidade Alta
Endereço: Rua Coronel Cascudo, 33, Cidade Alta. Natal – Rio Grande do Norte. Telefone: (84) 3133-0360
Entrada gratuita.
 


Recife (PE)

Tiago Amorim abre sua primeira exposição individual em 12 anos! Fotografia: Lucas Oliveira

Tiago Amorim abre sua primeira exposição individual em 12 anos! Fotografia: Lucas Oliveira

Tiago Amorim, que já tem uma longa trajetória no desenho, na pintura e na escultura, ficou 12 anos sem realizar nenhuma exposição individual, mas agora está de volta com a sua versão da origem do mundo e as previsões para o seu fim, numa mostra que transita entre o metafísico, o político-social e o ecológico. São telas e esculturas de cerâmica que abordam a conflituosa e degradante relação do ser humano contemporâneo com a natureza.

A relação degradante do homem com a natureza é abordada pelo artista nessa mostra. Fotografia: Lucas Oliveira

A relação degradante do homem com a natureza é abordada pelo artista nessa mostra. Fotografia: Lucas Oliveira

Além de telas, a exposição também conta com peças de cerâmica

Além de telas, a exposição também conta com peças de cerâmica

O artista e à obra que dá nome à exposição:  'Da gênese ao apocalipse'. Fotografia: Leo Motta

O artista e à obra que dá nome à exposição: 'Da gênese ao apocalipse'. Fotografia: Leo Motta

tiago amorim

SERVIÇO:

Exposição: Da gênese ao apocalipse
Artista: Tiago Amorim
Até 27 de maio, de terça a sexta-feira, das 13h às 19h e aos sábados, das 16h às 20h
Local: Arte Plural Galeria
Endereço: Rua da Moeda, 140, Recife Antigo. Recife – Pernambuco. Telefone: (81) 3424-4431
Entrada gratuita.
 


Salvador (BA)

Exposição inédita de Tomie Ohtake fica em cartaz em Salvador até 24 de abril

Exposição inédita de Tomie Ohtake fica em cartaz em Salvador até 24 de abril

Tomie Ohtake é reconhecida como uma das principais artistas brasileiras do século XX. Começou sua carreira aos 40 anos, mas incrivelmente conseguiu produzir ainda por mais 60 anos! Sua obra, que está espalhada em diversas cidades do mundo, abrange gravuras, pinturas, esculturas. Dedicou-se ao abstracionismo e à expressividade plástica das cores, formas e curvas. É isso que o público irá encontrar nessa extensa mostra retrospectiva que fica em cartaz em Salvador-BA até o próximo dia 24.

Tomie Ohtake começou a carreira aos 40 anos e produziu ainda por mais 60 anos!

Tomie Ohtake começou a carreira aos 40 anos e produziu ainda por mais 60 anos!

A obra da artista sempre seguiu o caminho do abstracionismo

A obra da artista sempre seguiu o caminho do abstracionismo

Ela é reverenciada como uma das principais artistas brasileiras do século XX

Ela é reverenciada como uma das principais artistas brasileiras do século XX

SERVIÇO:

Exposição: Tomie Ohtake - Cor e Corpo
Artista: Tomie Ohtake
Até 24 de abril, de terça-feira a domingo, das 9h às 18h
Local: Caixa Cultural Salvador
Endereço: Rua Carlos Gomes, 57, Centro. Salvador – Bahia. Telefone: (71) 3421-4200
Entrada: Entrada franca
 


São Luís (MA)

Éder Oliveira aposta um olhar diferente a respeito do alistamento militar

Éder Oliveira aposta um olhar diferente a respeito do alistamento militar

Um olhar artístico sobre o alistamento militar, que para muitos jovens representa uma alternativa para mudar de vida, principalmente para aqueles vindos de cidades pequenas. O paraense Éder Oliveira lança um olhar sobre esses jovens, em um processo de experimentação estética que aproximou fotografia, retrato, pintura e intervenção e que fica em cartaz na Galeria de Arte do SESC-MA até 3 de maio.

A questão da vulnerabilidade social desses jovens candidatos ao serviço militar é crucial na obra do artista

A questão da vulnerabilidade social desses jovens candidatos ao serviço militar é crucial na obra do artista

A mostra mescla diversas técnicas, como a fotografia e a pintura

A mostra mescla diversas técnicas, como a fotografia e a pintura

eder oliveira

SERVIÇO:

Exposição: Alistamento
Artista: Éder Oliveira
Até 3 de maio, das 9h às 17h
Local: Galeria de Arte do SESC Deodoro
Endereço: Av. Silva Maia, 164, Centro. São Luís - Maranhão. Telefone: (98) 3216-3812 | 3216-3844
Entrada gratuita.
 

Confira 9 exposições em cartaz no Nordeste pra te ajudar a celebrar o Dia Nacional das Artes

Hoje, 12 de agosto, o Brasil comemora o Dia Nacional das Artes, celebrando atividades artísticas como a pintura, o cinema, a música, a literatura, a dança e o teatro.

A data surgiu a partir do decreto de lei nº 82.385, de 5 de outubro de 1978, e a partir da Lei nº 6.533, de 24 de maio de 1978, que regulamentaram a profissão de Artista e de outros profissionais do trabalho artístico.

E que tal aproveitar o dia visitando uma exposição? Se você está no Nordeste, eu tenho algumas dicas para você! O Pigmum selecionou 9 mostras artísticas que estão em cartaz na região, uma em cada capital, que é pra todo mundo por aqui ter a oportunidade de curtir a data com muita arte! E o melhor, todas têm entrada gratuita. Confira:

Aracaju (SE)

Cenas de um dos vídeos que compõem a exposição 'Primeiras e Inéditas' do artista sergipano Alan Adi

Cenas de um dos vídeos que compõem a exposição 'Primeiras e Inéditas' do artista sergipano Alan Adi

A mostra de arte contemporânea ‘Primeiras e Inéditas’ está em cartaz na Galeria J. Inácio e reúne trabalhos antigos e mais recentes do artista sergipano Alan Adi, radicado em São Paulo. A exposição é composta por instalações e vídeos, que mesclam linguagens verbais e não verbais. Mas corra, porque a exposição só fica aberta até o dia 14 de agosto. Vá hoje mesmo!

alan adi 2
alan adi 3

Exposição: Primeiras e Inéditas
Artista: Alan Adi
Até 14 de agosto, das 9h às 17h
Local: Galeria J. Inácio
Endereço: Rua Dr. Leonardo Leite, s/n, Bairro 13 de Julho (anexo à Biblioteca Pública Epifânio Dória). Aracaju – Sergipe. Telefone: (79) 3179-1969

 

Serviço:


Fortaleza (CE)

A obra de Ivan Ferraro, além de versátil, é cheia de ironia (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

A obra de Ivan Ferraro, além de versátil, é cheia de ironia (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

A Multigaleria do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura recebe até 21 de agosto a exposição ‘Faz de Conta que Morri’, uma retrospectiva dos últimos 20 anos de carreira do artista cearense Ivan Ferraro, com trabalhos produzidos em Fortaleza e Berlim. São pinturas, desenhos, colagens, fotogramas e objetos em diversos meios e materiais que subvertem espaço e tempo.

(Fotografia: Luiz Alves)

(Fotografia: Luiz Alves)

(Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

(Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

O artista explora fotografia, pintura, desenho, instalação, sempre com uma perspectiva inusitada (Fotografia: Luiz Arraes)

O artista explora fotografia, pintura, desenho, instalação, sempre com uma perspectiva inusitada (Fotografia: Luiz Arraes)

Exposição: Faz de Conta que Morri
Artista: Ivan Ferraro
Até 21 de agosto, das 14h às 20h
Local: Multigaleria do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura
Endereço: Rua Dragão do Mar, 81, Praia de Iracema. Fortaleza – Ceará. Telefone: (85) 3488-8600

Serviço:


João Pessoa (PB)

A galeria Archidy Picado recebe a exposição do MAC, de Campina Grande (Fotografia: Thercles Silva)

A galeria Archidy Picado recebe a exposição do MAC, de Campina Grande (Fotografia: Thercles Silva)

Obras de diversos artistas das Américas estão em exposição na Galeria Archidy Picado, na mostra ‘Gravuras das Américas’, que fica em cartaz até 9 de setembro. São peças cedidas temporariamente pelo Museu Assis Chateaubriand (MAC), de Campina Grande, assinadas por artistas como Tomie Ohtake (Brasil), Arcângelo Ianelli (Brasil), Carlos Vergara (Brasil), Jorge Tacla (Chile), Kenneth Kemble (Argentina), Miguel Angel Rojas (Colômbia), Robert Goodnough (Estados Unidos), Santiago Cardenas (Colômbia) e Victor Hugo Irazabal (Venezuela).

'Pastoral', Reynaldo Fonseca (Brasil)

'Pastoral', Reynaldo Fonseca (Brasil)

'Fogo-Fátuo', de Daniel Senise (Brasil)

'Fogo-Fátuo', de Daniel Senise (Brasil)

Exposição: Gravuras das Américas
Artista: Coletiva
Até 9 de setembro, de segunda-feira à domingo, das 8h às 22h
Local: Galeria Archidy Picado (Espaço Cultural José Lins do Rêgo)
Endereço: Rua Abdias Gomes de Almeida, 800, Tambauzinho. João Pessoa - Paraíba. Telefone: (83) 3211-6296

Serviço:


Maceió (AL)

A exposição destaca as principais fases da carreira de Marta Arruda (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

A exposição destaca as principais fases da carreira de Marta Arruda (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

Está em cartaz na Pinacoteca da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) a exposição ‘Marta Arruda - 30 Anos de Arte’, com a trajetória de uma das principais artistas de Alagoas a trabalhar com escultura. No acervo, além de esculturas, a gente encontra painéis de aço. Marta Arruda foi a primeira mulher em Alagoas a trabalhar com a técnica da soldagem. A exposição ainda recria o espaço de trabalho da artista, com seus equipamentos e materiais.

A obra que simboliza um farol, para guiar os visitantes logo na entrada da galeria (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

A obra que simboliza um farol, para guiar os visitantes logo na entrada da galeria (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

Marta Arruda durante o processo de montagem da mostra

Marta Arruda durante o processo de montagem da mostra

A reprodução do ateliê da artista compartilha ferramentas de trabalho (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

A reprodução do ateliê da artista compartilha ferramentas de trabalho (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

Exposição: Marta Arruda – 30 Anos de Arte
Artista: Marta Arruda
Até 9 de setembro, de segunda à sexta-feira, das 8h30 às 18h
Local: Pinacoteca Universitária da Ufal
Endereço: Praça Visconde de Sinimbu, 206, 1º piso - Centro. Maceió - Alagoas (Espaço Cultural Salomão de Barros Lima). Telefone: (82) 3214-1545 | 3214-1428
E-mail: pinaufal@gmail.com

Serviço:


Natal (RN)

Obra de Newton Navarro, um dos principais artistas plásticos do Rio Grande do Norte faz parte do acervo da Pinacoteca Potiguar

Obra de Newton Navarro, um dos principais artistas plásticos do Rio Grande do Norte faz parte do acervo da Pinacoteca Potiguar

A mostra transita por vários estilos que marcaram a arte potiguar nos últimos 100 anos

A mostra transita por vários estilos que marcaram a arte potiguar nos últimos 100 anos

Obra de Dorian Gray, ainda vivo,  é outro artista que marcou as artes visuais no RN

Obra de Dorian Gray, ainda vivo,  é outro artista que marcou as artes visuais no RN

Na Pinacoteca do Estado, está em cartaz a exposição coletiva ‘Caminhos da Arte Potiguar: séculos XX e XXI’, que reabriu ao público o acervo artístico permanente do governo do Rio Grande do Norte. São mais de 100 anos de história, com obras que contam muito sobre a arte potiguar. As peças foram distribuídas em salas temáticas, que abrangem a fase modernista, a arte cinética e ótica de Abraham Palatnik, a arte popular, o abstracionismo, a pintura naïf, entre outros estilos.

Exposição: Caminhos da Arte Potiguar: séculos XX e XXI
Artista: Coletiva
Até 31 de agosto, de terça-feira a domingo, das 9h às 17h
Local: Pinacoteca do Estado
Endereço: Avenida 7 de setembro, s/n, Cidade Alta. Natal – Rio Grande do Norte. Telefone: (84) 3232-9727

Serviço:


Recife (PE)

A Arte Plural Galeria recebe a nova exposição de Carlos Pragana, com título inspirado na obra de Fernando Pessoa

A Arte Plural Galeria recebe a nova exposição de Carlos Pragana, com título inspirado na obra de Fernando Pessoa

‘Tudo é ousado para quem nada se atrave’. Essa frase, de autoria do poeta português Fernando Pessoa, intitula a nova exposição individual do artista plástico pernambucano Carlos Pragana. Para o artista, que iniciou a carreira há 17 anos, a ousadia faz parte de seu trabalho, que consegue, ao mesmo tempo, oscilar entre o monocromático e as cores mais vivas. São 8 pinturas, 10 desenhos e um painel de 3m x 4,3m com desenhos, pinturas e técnicas mistas, sempre trilhando um caminho entre o estilo figurativo e a arte abstrata.

A arte de Pragana, autodidata, transita entre o figurativo e o abstrato

A arte de Pragana, autodidata, transita entre o figurativo e o abstrato

pragana 3
O artista também trabalha com cores monocromáticas

O artista também trabalha com cores monocromáticas

Exposição: Tudo é ousado para quem nada se atrave
Artista: Carlos Pragana
Até 17 de setembro, de terça à sexta-feira, das 13h às 19h e aos sábados, das 16h às 20h
Local: Arte Plural Galeria
Endereço: Rua da Moeda, 140, Recife Antigo. Recife – Pernambuco. Telefone: (81) 3424-4431

Serviço:


Salvador (BA)

O premiado artista Samuel Casal está com exposição em cartaz na galeria RV Cultura e Arte

O premiado artista Samuel Casal está com exposição em cartaz na galeria RV Cultura e Arte

Em Salvador, o destaque vai para a exposição ‘Exótica’, de Samuel Casal, conhecido por seus trabalhos em entalhe, xilogravura e desenho editorial. Casal já teve trabalhos expostos e publicados em diversos países e, recentemente, venceu o prêmio Jabuti, pelas ilustrações do livro Dom Quixote (Companhia das Letras) e assinou os relevos presentes na abertura da novela ‘Velho Chico’ (Rede Globo). A mostra ‘Exótica’ é composta de painéis entalhados com gôivas, técnica utilizada na construção da matriz da xilogravura, e pintados com processos experimentais desenvolvidos pelo próprio artista.

Excerto do material de divulgação da mostra

Excerto do material de divulgação da mostra

Casal explora o entalhe em madeira criando peças de muita personalidade

Casal explora o entalhe em madeira criando peças de muita personalidade

samuel casal 3

Exposição: Exótica
Artista: Samuel Casal
Até 10 de setembro, de segunda à sexta-feira, das 10h às 18h e aos sábados, das 10h às 16h
Local: RV Cultura e Arte
Endereço: Avenida Cardeal da Silva, 158, Rio Vermelho. Salvador – Bahia. Telefone: (71) 3347-4929
E-mail: rvculturaearte@gmail.com

Serviço:


São Luís (MA)

A arte de Tita do Rêgo Silva fica em cartaz no MHAM até 30 de agosto

A arte de Tita do Rêgo Silva fica em cartaz no MHAM até 30 de agosto

A Galeria Floriano Peixoto, no Museu Histórico e Artístico do Maranhão (MHAM), recebe até o dia 30 de agosto a exposição ‘Imagens, Ficções e Memórias do Exílio’, de Tita do Rêgo Silva. É a primeira mostra individual da artista em São Luís, que desde 1988 vive em Hamburgo, na Alemanha. São 50 xilogravuras cheias de cores, que dão vida a criaturas híbridas, bichos e figuras excepcionais extraídas de sua infância, de contos folclóricos e de elementos religiosos de matrizes africanas e católicas.

A artista introduz elementos folclóricos em sua obra, sempre com cores vivas, usando a técnica da xilogravura.

A artista introduz elementos folclóricos em sua obra, sempre com cores vivas, usando a técnica da xilogravura.

tita do rego silva 3

Exposição: Imagens, Ficções e Memórias do Exílio
Artista: Tita do Rêgo Silva
Até 30 de agosto, de terça à sexta-feira, das 9h às 18h e aos sábados, das 9h às 16h
Local: Galeria Floriano Peixoto (Museu Histórico e Artístico do Maranhão)
Endereço: Rua do Sol, 302, Centro. São Luís - Maranhão. Telefone: (98) 3218-9920
E-mail: mham@cultura.ma.gov.br

Serviço:


Teresina (PI)

'O Café' (1934), uma das telas mais conhecidas de Cândido Portinari, está presente na mostra

'O Café' (1934), uma das telas mais conhecidas de Cândido Portinari, está presente na mostra

Os piauienses têm a oportunidade de conferir, até o dia 31 de agosto, 25 reproduções de imagens de Cândido Portinari (1903 – 1962), um dos artistas mais importantes do país. A exposição ‘Trabalho e Jogo’ faz parte do projeto ArteSesc e está em cartaz na Casa da Cultura. As reproduções fotográficas abordam o trabalho e a brincadeira, como temas recorrentes na obra do artista. Entre as imagens estão os trabalhos: ‘Lavadeiras’, ‘O Sapateiro de Brodowski’, ‘Grupo de Meninas Brincando’ e ‘Menino com Pião’.

‘O Sapateiro de Brodowski’ (1941)

‘O Sapateiro de Brodowski’ (1941)

‘Grupo de Meninas Brincando’ (1940)

‘Grupo de Meninas Brincando’ (1940)

Exposição: Trabalho e Jogo
Artista: Cândido Portinari (reproduções fotográficas)
Até 31 de agosto, de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h
Local: Casa da Cultura
Endereço: Rua Rui Barbosa, 348, Praça Saraiva, Centro. Teresina - Piauí. Telefone: (86) 3215-7849
E-mail: casadaculturateresina@live.com

Serviço: