Pigmum

arte e outros riscos

Confira 5 exposições em cartaz no Recife para visitar em outubro

De volta ao Recife! E sempre vale a pena retornar aos bairros do centro e conferir a programação cultural da cidade. Se você estiver de passagem por Santo Antônio, São José, Boa Vista ou pelo Recife Antigo não deixe de visitar pelo menos uma dessas 5 exposições que ficam em cartaz no mês de outubro:

5º Prêmio Marcantonio Vilaça

marcantonio vilaça

A exposição é resultado do 5º Prêmio Marcantonio Vilaça para as Artes Visuais, promovido pelo CNI, SESI e SENAI, que selecionou 5 artistas de diferentes regiões do país para representar a diversidade da produção artística brasileira contemporânea. Entre as obras, há trabalhos em vídeo, fotografia, desenho e instalações. A mostra itinerante já passou por Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Curitiba e encerra seu ciclo no recife.

  O trabalho de Virgínia de Medeiros com foto-pinturas digitais retrata moradores de rua que contam suas histórias em relatos emocionantes (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

O trabalho de Virgínia de Medeiros com foto-pinturas digitais retrata moradores de rua que contam suas histórias em relatos emocionantes (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

  As memórias de Gê Orthof em suas instalações minimalistas   (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

As memórias de Gê Orthof em suas instalações minimalistas (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

Exposição: Mostra do 5º Prêmio Marcantonio Vilaça
Artista: Coletiva
Até 27 de novembro
Local: Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães (MAMAM)
Endereço: Rua da Aurora, 265, Boa Vista – Recife (PE)

Horário:
De terça à sexta-feira, das 12h às 18h
Sábados e domingos, das 13h às 17h
Entrada gratuita


Éxodos

  Sebastião Salgado é reconhecido internacionalmente como um dos principais fotógrafos da atualidade (  Fotografia: Sebastião Salgado)

Sebastião Salgado é reconhecido internacionalmente como um dos principais fotógrafos da atualidade (Fotografia: Sebastião Salgado)

Durante seis anos, o premiado fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado percorreu 40 países registrando o cotidiano de refugiados, vítimas de guerras e de repressão social, compondo um panorama do trânsito migratório da humanidade no final do século XX. Pessoas que, por motivos diversos e adversos, tiveram que abandonar suas terras. São 60 imagens divididas em 5 temas: África; Luta pela Terra; Refugiados e Migrados; Megacidades; e Retratos de Crianças. A exposição está circulando pelas unidades da Caixa Cultural espalhadas pelo país e fica em cartaz no Recife até o próximo dia 16.

  Mulheres em trânsito   (  Fotografia: Sebastião Salgado)

Mulheres em trânsito (Fotografia: Sebastião Salgado)

  O tráfego intenso de pessoas em uma estação indiana   (  Fotografia: Sebastião Salgado)

O tráfego intenso de pessoas em uma estação indiana (Fotografia: Sebastião Salgado)

Horário:
De terça-feira a sábado, das 10h às 20h
Aos domingos, das 10h às 17h
Entrada gratuita

Exposição: Êxodos
Artista: Sebastião Salgado

Até 16 de outubro
Local: Caixa Cultural Recife
Endereço: Avenida Alfredo Lisboa, 505, Bairro do Recife – Recife (PE)


OZI - 30 Anos de Arte Urbana no Brasil

  O trabalho de OZI é cheio de ironia e deboche (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

O trabalho de OZI é cheio de ironia e deboche (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

Também na Caixa Cultural, a mostra celebra os 30 anos de carreira de OZI, um dos pioneiros da arte urbana no Brasil. As obras, cheias de deboche e ironia, mesclam símbolos da arte clássica com elementos da cultura pop, como personagens de desenho animado. Entre as técnicas utilizadas, se destacam principalmente os trabalhos em estêncil. Vale a pena também pela releitura da famosa latinha de sopa Campbell’s, de Andy Warhol, que na versão de OZI virou sopa de Chuchu ou Xuxu (sic).

  O artista mistura símbolos da arte clássica com elementos da cultura pop (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

O artista mistura símbolos da arte clássica com elementos da cultura pop (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

  Releitura de OZI para o ready-made de Andy Warhol

Releitura de OZI para o ready-made de Andy Warhol

Horário:
De terça-feira a sábado, das 10h às 20h
Aos domingos, das 10h às 17h
Entrada gratuita

Exposição: OZI – 30 Anos de Arte Urbana no Brasil
Artista: OZI

Até 20 de novembro
Local: Caixa Cultural Recife
Endereço: Avenida Alfredo Lisboa, 505, Bairro do Recife – Recife (PE)


O Corpo e Suas Escrituras

  Roberto Lúcio trabalhou com fotografia e pintura em sua nova exposição

Roberto Lúcio trabalhou com fotografia e pintura em sua nova exposição

Já na Arte Plural Galeria, a nova exposição do paraibano Roberto Lúcio explora ao mesmo tempo a fotografia e a pintura. O artista fez intervenções em suas fotografias e algumas delas foram quase totalmente tomadas pela pintura. No centro das atenções está o corpo feminino, que exala erotismo ao interagir com objetos diversos, até mesmo com bolas de gude. 

  O corpo feminino é o centro das atenções na nova mostra de Roberto Lúcio

O corpo feminino é o centro das atenções na nova mostra de Roberto Lúcio

roberto lúcio 3

Horário:
De terça à sexta-feira, das 13h às 19h
Aos sábados, das 16h às 20h
Entrada gratuita

Exposição: O Corpo e Suas Escrituras
Artista: Roberto Lúcio

Até 29 de outubro
Local: Arte Plural Galeria
Endereço: Rua da Moeda, 140, Bairro do Recife – Recife (PE). Telefone: (81) 3424-4431


Olhar a Ponte Que Nos Liga

Os delírios de Dom Quixote se misturam aos delírios do artista plástico Marcos Carvalho, nessa exposição que celebra os 400 anos de Miguel de Cervantes, criador do próprio Dom Quixote, personagem mais célebre da literatura espanhola. São 18 obras, entre quadros e esculturas, que visitam ainda os universos de outros artistas espanhóis, como Salvador Dalí, Picasso, Velásquez, Goya e Miró. A mostra, que é promovida em parceria com o Instituto Cervantes do Recife, e será aberta ao público no dia 26 de outubro.

  A exposição de Marcos Carvalho entrará em cartaz no próximo dia 26

A exposição de Marcos Carvalho entrará em cartaz no próximo dia 26

Horário:
De terça à sexta-feira, das 10h às 18h
Aos sábados, das 15h às 18h
Aos domingos, das 15h às 19h
Entrada gratuita

 

Exposição: Olhar a Ponte Que Nos Liga
Artista: Marcos Carvalho

De 26 de outubro a 9 de novembro
Local: Torre Malakoff
Endereço: Praça do Arsenal, S/N, Bairro do Recife – Recife (PE)