Pigmum

arte e outros riscos

Confira 9 exposições em cartaz no Nordeste pra te ajudar a celebrar o Dia Nacional das Artes

Hoje, 12 de agosto, o Brasil comemora o Dia Nacional das Artes, celebrando atividades artísticas como a pintura, o cinema, a música, a literatura, a dança e o teatro.

A data surgiu a partir do decreto de lei nº 82.385, de 5 de outubro de 1978, e a partir da Lei nº 6.533, de 24 de maio de 1978, que regulamentaram a profissão de Artista e de outros profissionais do trabalho artístico.

E que tal aproveitar o dia visitando uma exposição? Se você está no Nordeste, eu tenho algumas dicas para você! O Pigmum selecionou 9 mostras artísticas que estão em cartaz na região, uma em cada capital, que é pra todo mundo por aqui ter a oportunidade de curtir a data com muita arte! E o melhor, todas têm entrada gratuita. Confira:

Aracaju (SE)

  Cenas de um dos vídeos que compõem a exposição 'Primeiras e Inéditas' do artista sergipano Alan Adi

Cenas de um dos vídeos que compõem a exposição 'Primeiras e Inéditas' do artista sergipano Alan Adi

A mostra de arte contemporânea ‘Primeiras e Inéditas’ está em cartaz na Galeria J. Inácio e reúne trabalhos antigos e mais recentes do artista sergipano Alan Adi, radicado em São Paulo. A exposição é composta por instalações e vídeos, que mesclam linguagens verbais e não verbais. Mas corra, porque a exposição só fica aberta até o dia 14 de agosto. Vá hoje mesmo!

alan adi 2
alan adi 3

Exposição: Primeiras e Inéditas
Artista: Alan Adi
Até 14 de agosto, das 9h às 17h
Local: Galeria J. Inácio
Endereço: Rua Dr. Leonardo Leite, s/n, Bairro 13 de Julho (anexo à Biblioteca Pública Epifânio Dória). Aracaju – Sergipe. Telefone: (79) 3179-1969

 

Serviço:


Fortaleza (CE)

  A obra de Ivan Ferraro, além de versátil, é cheia de ironia (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

A obra de Ivan Ferraro, além de versátil, é cheia de ironia (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

A Multigaleria do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura recebe até 21 de agosto a exposição ‘Faz de Conta que Morri’, uma retrospectiva dos últimos 20 anos de carreira do artista cearense Ivan Ferraro, com trabalhos produzidos em Fortaleza e Berlim. São pinturas, desenhos, colagens, fotogramas e objetos em diversos meios e materiais que subvertem espaço e tempo.

  (Fotografia: Luiz Alves)

(Fotografia: Luiz Alves)

  (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

(Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

  O artista explora fotografia, pintura, desenho, instalação, sempre com uma perspectiva inusitada (Fotografia: Luiz Arraes)

O artista explora fotografia, pintura, desenho, instalação, sempre com uma perspectiva inusitada (Fotografia: Luiz Arraes)

Exposição: Faz de Conta que Morri
Artista: Ivan Ferraro
Até 21 de agosto, das 14h às 20h
Local: Multigaleria do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura
Endereço: Rua Dragão do Mar, 81, Praia de Iracema. Fortaleza – Ceará. Telefone: (85) 3488-8600

Serviço:


João Pessoa (PB)

  A galeria Archidy Picado recebe a exposição do MAC, de Campina Grande (Fotografia: Thercles Silva)

A galeria Archidy Picado recebe a exposição do MAC, de Campina Grande (Fotografia: Thercles Silva)

Obras de diversos artistas das Américas estão em exposição na Galeria Archidy Picado, na mostra ‘Gravuras das Américas’, que fica em cartaz até 9 de setembro. São peças cedidas temporariamente pelo Museu Assis Chateaubriand (MAC), de Campina Grande, assinadas por artistas como Tomie Ohtake (Brasil), Arcângelo Ianelli (Brasil), Carlos Vergara (Brasil), Jorge Tacla (Chile), Kenneth Kemble (Argentina), Miguel Angel Rojas (Colômbia), Robert Goodnough (Estados Unidos), Santiago Cardenas (Colômbia) e Victor Hugo Irazabal (Venezuela).

  'Pastoral', Reynaldo Fonseca (Brasil)

'Pastoral', Reynaldo Fonseca (Brasil)

  'Fogo-Fátuo', de Daniel Senise (Brasil)

'Fogo-Fátuo', de Daniel Senise (Brasil)

Exposição: Gravuras das Américas
Artista: Coletiva
Até 9 de setembro, de segunda-feira à domingo, das 8h às 22h
Local: Galeria Archidy Picado (Espaço Cultural José Lins do Rêgo)
Endereço: Rua Abdias Gomes de Almeida, 800, Tambauzinho. João Pessoa - Paraíba. Telefone: (83) 3211-6296

Serviço:


Maceió (AL)

  A exposição destaca as principais fases da carreira de Marta Arruda (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

A exposição destaca as principais fases da carreira de Marta Arruda (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

Está em cartaz na Pinacoteca da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) a exposição ‘Marta Arruda - 30 Anos de Arte’, com a trajetória de uma das principais artistas de Alagoas a trabalhar com escultura. No acervo, além de esculturas, a gente encontra painéis de aço. Marta Arruda foi a primeira mulher em Alagoas a trabalhar com a técnica da soldagem. A exposição ainda recria o espaço de trabalho da artista, com seus equipamentos e materiais.

  A obra que simboliza um farol, para guiar os visitantes logo na entrada da galeria (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

A obra que simboliza um farol, para guiar os visitantes logo na entrada da galeria (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

  Marta Arruda durante o processo de montagem da mostra

Marta Arruda durante o processo de montagem da mostra

  A reprodução do ateliê da artista compartilha ferramentas de trabalho (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

A reprodução do ateliê da artista compartilha ferramentas de trabalho (Fotografia: Renato Medeiros Cordeiro)

Exposição: Marta Arruda – 30 Anos de Arte
Artista: Marta Arruda
Até 9 de setembro, de segunda à sexta-feira, das 8h30 às 18h
Local: Pinacoteca Universitária da Ufal
Endereço: Praça Visconde de Sinimbu, 206, 1º piso - Centro. Maceió - Alagoas (Espaço Cultural Salomão de Barros Lima). Telefone: (82) 3214-1545 | 3214-1428
E-mail: pinaufal@gmail.com

Serviço:


Natal (RN)

  Obra de Newton Navarro, um dos principais artistas plásticos do Rio Grande do Norte faz parte do acervo da Pinacoteca Potiguar

Obra de Newton Navarro, um dos principais artistas plásticos do Rio Grande do Norte faz parte do acervo da Pinacoteca Potiguar

  A mostra transita por vários estilos que marcaram a arte potiguar nos últimos 100 anos

A mostra transita por vários estilos que marcaram a arte potiguar nos últimos 100 anos

  Obra de Dorian Gray, ainda vivo,  é outro artista que marcou as artes visuais no RN

Obra de Dorian Gray, ainda vivo,  é outro artista que marcou as artes visuais no RN

Na Pinacoteca do Estado, está em cartaz a exposição coletiva ‘Caminhos da Arte Potiguar: séculos XX e XXI’, que reabriu ao público o acervo artístico permanente do governo do Rio Grande do Norte. São mais de 100 anos de história, com obras que contam muito sobre a arte potiguar. As peças foram distribuídas em salas temáticas, que abrangem a fase modernista, a arte cinética e ótica de Abraham Palatnik, a arte popular, o abstracionismo, a pintura naïf, entre outros estilos.

Exposição: Caminhos da Arte Potiguar: séculos XX e XXI
Artista: Coletiva
Até 31 de agosto, de terça-feira a domingo, das 9h às 17h
Local: Pinacoteca do Estado
Endereço: Avenida 7 de setembro, s/n, Cidade Alta. Natal – Rio Grande do Norte. Telefone: (84) 3232-9727

Serviço:


Recife (PE)

  A Arte Plural Galeria recebe a nova exposição de Carlos Pragana, com título inspirado na obra de Fernando Pessoa

A Arte Plural Galeria recebe a nova exposição de Carlos Pragana, com título inspirado na obra de Fernando Pessoa

‘Tudo é ousado para quem nada se atrave’. Essa frase, de autoria do poeta português Fernando Pessoa, intitula a nova exposição individual do artista plástico pernambucano Carlos Pragana. Para o artista, que iniciou a carreira há 17 anos, a ousadia faz parte de seu trabalho, que consegue, ao mesmo tempo, oscilar entre o monocromático e as cores mais vivas. São 8 pinturas, 10 desenhos e um painel de 3m x 4,3m com desenhos, pinturas e técnicas mistas, sempre trilhando um caminho entre o estilo figurativo e a arte abstrata.

  A arte de Pragana, autodidata, transita entre o figurativo e o abstrato

A arte de Pragana, autodidata, transita entre o figurativo e o abstrato

pragana 3
  O artista também trabalha com cores monocromáticas

O artista também trabalha com cores monocromáticas

Exposição: Tudo é ousado para quem nada se atrave
Artista: Carlos Pragana
Até 17 de setembro, de terça à sexta-feira, das 13h às 19h e aos sábados, das 16h às 20h
Local: Arte Plural Galeria
Endereço: Rua da Moeda, 140, Recife Antigo. Recife – Pernambuco. Telefone: (81) 3424-4431

Serviço:


Salvador (BA)

  O premiado artista Samuel Casal está com exposição em cartaz na galeria RV Cultura e Arte

O premiado artista Samuel Casal está com exposição em cartaz na galeria RV Cultura e Arte

Em Salvador, o destaque vai para a exposição ‘Exótica’, de Samuel Casal, conhecido por seus trabalhos em entalhe, xilogravura e desenho editorial. Casal já teve trabalhos expostos e publicados em diversos países e, recentemente, venceu o prêmio Jabuti, pelas ilustrações do livro Dom Quixote (Companhia das Letras) e assinou os relevos presentes na abertura da novela ‘Velho Chico’ (Rede Globo). A mostra ‘Exótica’ é composta de painéis entalhados com gôivas, técnica utilizada na construção da matriz da xilogravura, e pintados com processos experimentais desenvolvidos pelo próprio artista.

  Excerto do material de divulgação da mostra

Excerto do material de divulgação da mostra

  Casal explora o entalhe em madeira criando peças de muita personalidade

Casal explora o entalhe em madeira criando peças de muita personalidade

samuel casal 3

Exposição: Exótica
Artista: Samuel Casal
Até 10 de setembro, de segunda à sexta-feira, das 10h às 18h e aos sábados, das 10h às 16h
Local: RV Cultura e Arte
Endereço: Avenida Cardeal da Silva, 158, Rio Vermelho. Salvador – Bahia. Telefone: (71) 3347-4929
E-mail: rvculturaearte@gmail.com

Serviço:


São Luís (MA)

  A arte de Tita do Rêgo Silva fica em cartaz no MHAM até 30 de agosto

A arte de Tita do Rêgo Silva fica em cartaz no MHAM até 30 de agosto

A Galeria Floriano Peixoto, no Museu Histórico e Artístico do Maranhão (MHAM), recebe até o dia 30 de agosto a exposição ‘Imagens, Ficções e Memórias do Exílio’, de Tita do Rêgo Silva. É a primeira mostra individual da artista em São Luís, que desde 1988 vive em Hamburgo, na Alemanha. São 50 xilogravuras cheias de cores, que dão vida a criaturas híbridas, bichos e figuras excepcionais extraídas de sua infância, de contos folclóricos e de elementos religiosos de matrizes africanas e católicas.

  A artista introduz elementos folclóricos em sua obra, sempre com cores vivas, usando a técnica da xilogravura.

A artista introduz elementos folclóricos em sua obra, sempre com cores vivas, usando a técnica da xilogravura.

tita do rego silva 3

Exposição: Imagens, Ficções e Memórias do Exílio
Artista: Tita do Rêgo Silva
Até 30 de agosto, de terça à sexta-feira, das 9h às 18h e aos sábados, das 9h às 16h
Local: Galeria Floriano Peixoto (Museu Histórico e Artístico do Maranhão)
Endereço: Rua do Sol, 302, Centro. São Luís - Maranhão. Telefone: (98) 3218-9920
E-mail: mham@cultura.ma.gov.br

Serviço:


Teresina (PI)

  'O Café' (1934), uma das telas mais conhecidas de Cândido Portinari, está presente na mostra

'O Café' (1934), uma das telas mais conhecidas de Cândido Portinari, está presente na mostra

Os piauienses têm a oportunidade de conferir, até o dia 31 de agosto, 25 reproduções de imagens de Cândido Portinari (1903 – 1962), um dos artistas mais importantes do país. A exposição ‘Trabalho e Jogo’ faz parte do projeto ArteSesc e está em cartaz na Casa da Cultura. As reproduções fotográficas abordam o trabalho e a brincadeira, como temas recorrentes na obra do artista. Entre as imagens estão os trabalhos: ‘Lavadeiras’, ‘O Sapateiro de Brodowski’, ‘Grupo de Meninas Brincando’ e ‘Menino com Pião’.

  ‘O Sapateiro de Brodowski’ (1941)

‘O Sapateiro de Brodowski’ (1941)

  ‘Grupo de Meninas Brincando’ (1940)

‘Grupo de Meninas Brincando’ (1940)

Exposição: Trabalho e Jogo
Artista: Cândido Portinari (reproduções fotográficas)
Até 31 de agosto, de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h
Local: Casa da Cultura
Endereço: Rua Rui Barbosa, 348, Praça Saraiva, Centro. Teresina - Piauí. Telefone: (86) 3215-7849
E-mail: casadaculturateresina@live.com

Serviço: