Pigmum

arte e outros riscos

Artista do mês : Alexandre Filho e seu lirismo visual pela cultura nordestina

Alexandre Filho é um verdadeiro patrimônio vivo da arte popular brasileira, reconhecido internacionalmente como um dos principais artistas naïfs do país e é com ele que o Pigmum inaugura a seção Artista do Mês, que vai trazer mensalmente conteúdos especiais sobre a obra de artistas do Brasil!

As telas de Alexandre Filho são marcadas pela abundância de cores luminosas e pela referência à cultura nordestina, sempre representada de forma poética

As telas de Alexandre Filho são marcadas pela abundância de cores luminosas e pela referência à cultura nordestina, sempre representada de forma poética

Com 50 anos de carreira, esse paraibano de 85 anos já realizou exposições em países como França, Portugal, Espanha, México, Uruguai, Estados Unidos, Bélgica e Nigéria. Agora seu nome acaba de batizar a nova galeria de arte da Usina Cultural Energisa, em João Pessoa e para inaugurar esse novo espaço expositivo, nada melhor do que uma mostra do próprio homenageado. A exposição ‘Alexandre Filho - Pinturas e Gravura’, que fica em cartaz até 30 de setembro, é inclusive um dos destaques do nosso giro cultural de setembro pelas exposições em cartaz no Nordeste. Clique e confira!

A Galeria de Arte Alexandre Filho foi inaugurada no prédio da Usina Cultural Energisa, em João Pessoa-PB, com uma exposição dedicada ao próprio artista homenageado

A Galeria de Arte Alexandre Filho foi inaugurada no prédio da Usina Cultural Energisa, em João Pessoa-PB, com uma exposição dedicada ao próprio artista homenageado

Várias telas da exposição são inéditas e fazem parte de coleções particulares

Várias telas da exposição são inéditas e fazem parte de coleções particulares

Nascido em 1932, no município paraibano de Bananeiras, Alexandre Filho teve uma juventude difícil. Trabalhou na lavoura até os 17 anos e também foi servente, caixeiro e operário. Não chegou a concluir o curso primário, mas a paixão pelo desenho – que ele nutria desde criança – transformou Alexandre em um artista autodidata e foi assim que ele encontrou o seu próprio traço.

Os ícones da devoção cristã do são temas recorrentes na obra de Alexandre Filho

Os ícones da devoção cristã do são temas recorrentes na obra de Alexandre Filho

A vida simples do interior do Nordeste também é retratada com lirismo naïf 

A vida simples do interior do Nordeste também é retratada com lirismo naïf 

Outra característica da obra de Alexandre Filho é a ausência de perspectiva e de sombra

Outra característica da obra de Alexandre Filho é a ausência de perspectiva e de sombra

A mudança para o Rio de Janeiro em 1964 também foi fundamental. Foi lá que o desenhista amador começou a pintar, incentivado pelo amigo e também artista Luiz Canabrava.

A obra de Alexandre Filho ganhou reconhecimento internacional ainda entre os anos 1960 e 1970

A obra de Alexandre Filho ganhou reconhecimento internacional ainda entre os anos 1960 e 1970

Alexandre Filho

O reconhecimento não demorou muito. Logo, a arte de Alexandre Filho começou a chamar a atenção pela leveza do traçado arredondado, pelas cores cheias de luz, pelo lirismo da relação entre a figura humana e a natureza e pela memória coletiva do povo nordestino, tão presente em suas telas. E não foi à toa que em 1975 o artista retornou à Paraíba, onde vive até hoje, ainda em atividade.

A memória coletiva da cultura nordestina é uma constante nas pinturas do artista, assim como a flora da região

A memória coletiva da cultura nordestina é uma constante nas pinturas do artista, assim como a flora da região

Alexandre Filho
A mostra 'Alexandre Filho - Pinturas e Gravura' apresenta 17 obras no total

A mostra 'Alexandre Filho - Pinturas e Gravura' apresenta 17 obras no total

Além de ser uma justa homenagem a esse artista, a exposição em cartaz na Usina Cultural Energisa conta com obras inéditas, que pertencem a acervos particulares e que, por isso, nunca foram exibidas antes. Nem preciso dizer que a visita é imperdível, né?


SERVIÇO:

Exposição: Alexandre Filho - Pinturas e Gravura
Artista: Alexandre Filho
Até 30 de setembro, de terça-feira a domingo, das 14h às 20h
Local: Usina Cultural Energisa
Endereço: Rua João Bernardo de Albuquerque, 243, Tambiá. João Pessoa – Paraíba. Telefone: (83) 3221-6343
Entrada gratuita.