Pigmum

arte e outros riscos

Artista do Mês: os olhos enigmáticos de Kéfren Pok e a arte que observa a cidade

Fevereiro chegou ao fim, mas não antes de conhecer mais do trabalho de Kéfren Pok, que ao longo do mês foi destaque no Facebook e no Instagram do Pigmum!

  Kéfren Pok é o grafiteiro por trás dos olhos que tomaram conta das ruas de Natal

Kéfren Pok é o grafiteiro por trás dos olhos que tomaram conta das ruas de Natal

Se você é de Natal-RN provavelmente já se deparou com esses olhos enigmáticos espalhados em muros, postes, caixas de telefone e de energia instaladas pelas ruas... Por toda a cidade, os olhos de Pok estão bem atentos a tudo o que acontece e provavelmente estão atentos a você também!

kefren pok
kefren pok

Natural de Macaíba, região metropolitana de Natal, Kéfren de Lima Silva – ou simplesmente Pok, como ele assina seus trabalhos – tem 28 anos e é formado em Design Gráfico. O graffiti surgiu na vida do artista em 2010, como instrumento para superar a depressão. Ele começou a grafitar pelas ruas da capital potiguar e desde então já deixou sua marca em cidades como Recife, João Pessoa, Curitiba, Rio de Janeiro e até Paris, onde realizou exposições individuais em 2016, com apoio de um financiamento coletivo pelo Catarse.

kefren pok
kefren pok
kefren pok
kefren pok

Nos últimos anos, além das ruas, os olhos e as tramas cilíndricas coloridas de Pok também têm ocupado espaços expositivos do circuito artístico contemporâneo, principalmente as obras realizadas sobre madeira. Nesses trabalhos, Pok mistura graffiti e pintura, se afasta das tradicionais telas retangulares e se aventura por formatos sinuosos que são recortados respeitando os contornos dinâmicos do artista. A ideia é dar às telas a mesma sensação de movimento que as obras nos muros adquirem quando entram em contato com o cotidiano urbano.

  Nos últimos anos, a arte de Pok passou a ocupar também espaços tradicionais da cena artística, como galerias de arte

Nos últimos anos, a arte de Pok passou a ocupar também espaços tradicionais da cena artística, como galerias de arte

  O artista começou a experimentar novas técnicas e a grafitar em diferentes suportes, como telas de madeira

O artista começou a experimentar novas técnicas e a grafitar em diferentes suportes, como telas de madeira

  Para Kéfren Pok, o recorte sinuoso na madeira dá uma sensação de movimento às obras

Para Kéfren Pok, o recorte sinuoso na madeira dá uma sensação de movimento às obras

kefren pok
kefren pok

Mas não é só isso! A arte de Pok também já estampou camisas, chaveiros, cadernos, bottons e capa de disco! É onipresença que chama? Tô começando a achar que esses olhos fazem parte de algum plano illuminati!

 Os olhos de Kéfren Pok também já viraram chaveiros...

Os olhos de Kéfren Pok também já viraram chaveiros...

  Estamparam camisas...

Estamparam camisas...

  Bottons...

Bottons...

  E capas de caderno!

E capas de caderno!

Agora me diz, é você que tá olhando para eles ou eles que estão vigiando você? Pense direitinho.😉