Pigmum

arte e outros riscos

A arte sacra repaginada de Crec Leão entra em cartaz nesta terça (23), em Aracaju-SE

Durante séculos e séculos a pintura de temas religiosos foi uma constante na história da arte, mas engana-se quem pensa que essa temática já não tem mais nada a oferecer. Nas obras do artista visual Crec Leão, imagens da tradição católica ganham novas formas, cores e texturas, atualizando símbolos seculares com uma faceta artística mais contemporânea. E se você estiver em Aracaju-SE, vai poder conferir o resultado desses experimentos a partir de hoje!

  A pintura sacra de Crec Leão é cheia de cor e elementos que remetem à contemporaneidade

A pintura sacra de Crec Leão é cheia de cor e elementos que remetem à contemporaneidade

crec leão

Nesta terça-feira (23), às 19h, o Café da Gente, anexo ao Museu da Gente Sergipana, recebe ‘As Cores da Fé’, a nova exposição de Crec Leão. O artista, inclusive, já havia realizado outra mostra no museu, com pinturas que também deram uma cara mais contemporânea aos símbolos tradicionais do cangaço.

  O cangaço na perspectiva de Crec Leão

O cangaço na perspectiva de Crec Leão

  Exposição anterior do artista esteve em cartaz no Museu da Gente Sergipana

Exposição anterior do artista esteve em cartaz no Museu da Gente Sergipana

A influência para ressignificar ícones culturais fazendo uso de cores vibrantes vem principalmente da Pop Art. Lembram da Marilyn Monroe de Andy Warhol? Pois é, mas as referências de Crec Leão também passam pelo movimento dadaísta e pelos quadrinhos de Frank Muller e Bill Sienkiewicz. Aliás, os quadrinhos foram fundamentais na educação artística de Crec Leão, que desenha desde os 4 anos de idade e tem formação autodidata.

  Uma das pinturas de Marilyn Monroe, assinadas por Andy Warhol

Uma das pinturas de Marilyn Monroe, assinadas por Andy Warhol

  O artista Crec Leão

O artista Crec Leão

Mas ao mesmo tempo que a nova exposição propõe um olhar contemporâneo sobre a iconografia do sagrado, também remete o visitante ao colorido e às formas inventivas da arte medieval, dominada pela influência da Igreja Católica. Afinal, a arte desse período deixou frutos maravilhosos, como os mosaicos das igrejas bizantinas.

 'Iluminura do Apóstolo Paulo'  (1185), de Meister aus Halberstadt, exemplo da inventividade da arte medieval

'Iluminura do Apóstolo Paulo' (1185), de Meister aus Halberstadt, exemplo da inventividade da arte medieval

 'Cristo Pantocrator' , mosaico bizantino do final do século XII

'Cristo Pantocrator', mosaico bizantino do final do século XII

Ou seja, a arte de Crec Leão dá um novo fôlego à pintura de temática religiosa, mas também tem o poder de nos remeter ao passado e de reavivar questões que estão enraizadas em nossa sociedade, como o valor simbólico da adoração a uma divindade ou a necessidade de ritos para a confirmação da fé.

  A exposição  'As Cores da Fé'  fica em cartaz até 15 de agosto

A exposição 'As Cores da Fé' fica em cartaz até 15 de agosto

crec leão
crec leão

SERVIÇO:

Abertura da exposição ‘As Cores da Fé’
Artista: Crec Leão
23 de maio (terça-feira), às 19h.
Local: Café da Gente
Endereço: Av. Ivo do Prado, 398 - Centro. Aracaju - Sergipe (Museu da Gente Sergipana). Telefone: (79) 3246-3186
 

Visitação: até 15 de agosto, de terça-feira a domingo, das 10h às 18h
Entrada franca.